Suspeito de matar mulher grávida deve passar por audiência de custódia nesta terça - WSCOM

menu

Policial

18/09/2018


Suspeito de matar mulher grávida deve passar por audiência de custódia nesta terça

Foto: autor desconhecido.

Vinícius Gabriel Ferreira Viana, acusado de assassinar a companheira e simular o seu afogamento no último dia 6 de agosto, na praia de Manaíra, em João Pessoa, deve passar por audiência de custódia nesta terça-feira (18).

O homem foi preso na tarde da segunda (17) pela Polícia Civil. A esposa, Natália Donato de Lima tinha, de 28 anos, com quem vivia há um ano, estava grávida.

Vinícius afirmou que os dois moravam no Rio de Janeiro e haviam se mudado para a Paraíba no mês de abril. Ele, que é militar da Marinha, disse também que a esposa teria sido puxada por uma forte correnteza e acabou se afogando quando o casal tomava banho de mar durante a madrugada.

A prisão preventiva foi expedida por um juiz da 3ª Vara Criminal no último sábado (15). O homem é suspeito de ter planejado a morte da companheira para embolsar um valor de R$ 400 mil reais, relativo a um seguro que havia sido feito pela esposa no dia 3 de agosto.

O corpo da vítima, inclusive, foi retirado do caixão em que estava enterrado para que uma nova necrópsia pudesse ser realizada. Segundo o delegado Reinaldo Nóbrega, que está à frente do caso, a exumação aconteceu com o objetivo de sanar algumas dúvidas sobre a causa da morte de Natália Donato.

O delegado disse também que foram identificadas pancadas na cabeça dela, e que há indícios suficientes para apontar que o jovem é culpado.

 

Com portal Paraíba.