Suspeito de enviar bombas nos EUA era stripper violento e sonhava em ser lutador - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

27/10/2018


Suspeito de enviar bombas nos EUA era stripper violento e sonhava em ser lutador

Foto: autor desconhecido.

O homem de 56 anos acusado de enviar pelo menos 13 bombas a políticos e emissoras de TV dos Estados Unidos era um stripper violento que sonhava em ser lutador profissional de artes marciais mistas. A informação foi revelada pelo jornal New York Post. Cesar Sayoc Jr. foi detido pela polícia da Flórida após ser identificado como os responsável pelas cartas com explosivos enviadas ao ex-presidente Barack Obama, à ex-secretária de estado Hillary Clinto, ao ator Robert De Niro e a outras celebridades e emissoras de TV dos EUA.

O New York Post conversou com pessoas próximas a Sayoc que falaram sobre a rotina de malhação e treinos do criminosos. “Ele sonhava em ser um lutador profissional, mas não se dava bem com ninguém, ele vivia viajando de cidade para cidade”, afirmou um empresário do ramo do MMA ao jornal de Nova York. O empresário contratou Sayoc em 2014 para trabalhar como segurança e stripper de um estabelecimento administrado por ele.

Um primo de Sayoc também falou sobre ele ao jornal: “Ele vive em clubes de strip desde os 22 anos, era um dançarino e queria lutar. Ele tomava muitos suplementos e medicamentos de fortalecimento, o corpo dele é como uma pedra”. Segundo fontes entrevistadas pelo site TMZ, Sayoc era agressivo com seus colegas de trabalho e fazia ameaças constantes de violência. Fotos do homem encontradas nas redes sociais mortam ele com camisas expressando sua simpatia ao presidente Donald Trump.

De acordo com a imprensa dos Estados Unidos, Sayoc foi preso várias vezes por roubo ao longo dos anos 90, depois por ameaçar explodir uma empresa de eletricidade na Flórida. Ele também foi detido por dirigir perigosamente. No ano de 2012 ele declarou falência, tendo apenas US$ 4 mil em bens pessoais e mais de US$ 21 mil em dívidas. Na época ele vivia na casa de sua mãe.

Fonte: Paraíba Online

Notícias relacionadas