Soldados dos EUA no Iraque podem ter sido seqüestrados - WSCOM

menu

Economia & Negócios

19/06/2006


Soldados dos EUA no Iraque

Dois soldados americanos desaparecidos no Iraque desde a sexta-feira foram seqüestrados por militantes mascarados carregando metralhadoras, segundo testemunhas.

Uma grande operação de busca foi lançada na volátil área ao sul de Bagdá onde a dupla havia sido vista pela última vez.

Testemunhas dizem que eles foram capturados após seu veículo blindado ter sido alvejado por tiros em um bloqueio policial. Um terceiro soldado que estava com eles morreu no local.

O Exército dos Estados Unidos não fez comentários sobre o relato feito pelas testemunhas, mas diz que vai fazer buscas pelos soldados até estabelecer o que aconteceu com eles.

Bloqueio

A busca americana tem se concentrado na área perto de Yusufiya, ao sul de Bagdá, onde os soldados desaparecidos controlavam um bloqueio em um cruzamento.

O fazendeiro local Ahmed Khalaf Falah disse que três veículos blindados estavam no local do bloqueio quando foram alvo de disparos. Dois dos veículos teriam deixado o local em perseguição aos atiradores, mas o terceiro sofreu uma emboscada, disse ele à agência de notícias Associated Press.

Um relato semelhante foi publicado pelo jornal The New York Times.

“Eu ouvi os homens gritando ‘Deus é grande!’ e vi que eles levaram os americanos com eles. Os atiradores os tomaram e fugiram”, disse ao jornal Hassan Abdul Hadi.

Buscas

O Exército americano rapidamente lançou uma operação de busca pelos seus soldados, com buscas pelo ar, por terra e nos canais em torno do rio Eufrates.

Também foram feitas buscas casa a casa no sábado em áreas próximas ao local de onde os soldados teriam sido levados.

“As forças da coalizão e iraquianas continuarão a procurar em todos os locais possíveis, até que nossos soldados sejam encontrados, e continuaremos a usar todos os recursos possíveis em nossas buscas”, disse um comunicado do Exército americano no domingo.

Nos Estados Unidos, o porta-voz da Casa Branca Tony Snow disse que não tinha informações sobre o paradeiro dos soldados.

“Não quero criar a impressão de que eles estão mortos ou vivos”, disse. “Estamos simplesmente tentando encontrá-los e esperamos que eles estejam vivos.”

Triângulo da Morte

Acredita-se que esta é a primeira vez em mais de dois anos que soldados americanos podem ter sido seqüestrados no Iraque.

Em abril de 2004, o sargento Keith Maupin foi tomado como refém quando um comboio que levava combustível sofreu uma emboscada. Um vídeo que supostamente o mostrava sendo morto nunca teve sua autenticidade confirmada, e os Estados Unidos dizem que continuam procurando por ele.

Os soldados americanos no Iraque são regularmente alvos de ataques e são proibidos de viajar sozinhos ou em veículos individuais.

A área ao sul de Bagdá onde a procura pelos dois soldados está sendo feita é conhecida como o Triângulo da Morte, por causa dos freqüentes confrontos fatais entre as forças dos Estados Unidos e os insurgentes sunitas.

Notícias relacionadas