Sob os olhos de Muricy, Santos põe primeiro semestre em jogo contra o Colo Colo - WSCOM

menu

Futebol

06/04/2011


Primeiro semestre contra o Colo Colo

Santos

Foto: autor desconhecido.

Noventa minutos valerão por um semestre inteiro na noite desta quarta-feira (6), na Vila Belmiro. O Santos entra em campo para enfrentar o Colo Colo e precisa vencer para manter vivas as chances de classificação para a fase de mata-matas da Copa Libertadores.

Com apenas dois pontos em três jogos, o time é o terceiro colocado do Grupo 5, a quatro pontos da equipe chilena, que lidera o a chave. Um empate deixa a situação muito complicada, e uma derrota praticamente acaba com as chances da equipe na competição.

O principal reforço do Santos para a Libertadores ainda não estará disponível: Muricy Ramalho, anunciado nesta terça-feira (5) como novo técnico da equipe, deve acompanhar o jogo nos camarotes, ao lado do presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, e só estreia no domingo (10), contra o Americana, pelo Paulistão.

Contratado para levar o time ao título da Libertadores, Muricy, que já comandou o Fluminense nesta edição do torneio, pode ser obrigado apenas a cumprir tabela e preparar o time para o Brasileiro, em caso de fracasso antecipado.

Em campo, o time tentará se reabilitar da derrota sofrida para o Palmeiras, no fim de semana, e superar a instabilidade que o cerca nos últimos tempos, especialmente desde a demissão de Adilson Batista, ocorrida em 27 de fevereiro.

O meia Elano não escondeu a chateação com o ambiente no clube, mas acha que tudo isso deve ficar para trás assim que a bola começar a rolar contra o Colo Colo.

– É o jogo principal do ano para nós. Todos sabemos que estamos classificados no Paulistão, mas, na Libertadores, só três vitórias nos interessam. E temos que começar diante do Colo Colo.

Depois do time chileno, o Santos vai enfrentar o Cerro Porteño, no dia 13, em Assunção, e encerra sua participação na fase de grupos no dia 20, contra o Deportivo Táchira, na Vila Belmiro. Se vencer os três, se classifica sem depender de outros resultados e pode até ficar com o primeiro lugar do grupo, ainda que para isso tenha de secar o Colo Colo nos jogos restantes.

O jogo marcará ainda a estreia de Paulo Henrique Ganso em jogos em casa pela Libertadores – recuperado recentemente de uma lesão, ele só disputou uma partida, a derrota por 3 a 2 para o Colo em Santiago, no dia 16 de março.

O momento não é dos melhores, uma vez que o meia foi vaiado e chamado de “mercenário” durante o jogo com o Palmeiras, mas Elano espera que o camisa 10 possa ser decisivo a favor do Peixe.

– Vejo o Paulo com a cabeça tranquila para nos ajudar. Volto a pedir ao torcedor que dê um voto de confiança a ele.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X COLO COLO-CHI

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 6 de abril de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Roberto Silvera (Uruguai)
Assistentes: Mauricio Espinosa e Marcelo Costa (ambos do Uruguai)

SANTOS: Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Danilo, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Zé Eduardo
Técnico: Marcelo Martelotte (interino)

COLO COLO-CHI: Castillo; Cabión, Scotti, Cabrera e Jérez; Mena, Salcedo, Fuenzalida, Jorquera e Wilchez (Pavez); Miralles
Técnico: Américo Gallego

Notícias relacionadas