Sob os olhares do Imperador, Timão busca a reação contra o São Caetano - WSCOM

menu

Futebol

10/04/2011


Timão busca a reação neste domingo

Estréia

Foto: autor desconhecido.

A vaga nas quartas de final está garantida, mas o Corinthians não quer saber de acomodação nas duas últimas rodadas da primeira fase do Campeonato Paulista. No dia em que Adriano terá o primeiro contato com a torcida, o Timão tenta quebrar a série de dois tropeços seguidos ao enfrentar o São Caetano, neste domingo, às 16h, no Pacaembu. Festa para o Imperador, porém, sem esquecer do placar.

Apesar da dificuldade em alcançar a ponta da tabela, Tite ainda sonha. Não será fácil. O Timão está em terceiro lugar, com 35 pontos, e depende de tropeços dos rivais Palmeiras (41) e São Paulo (37) para chegar ao primeiro lugar, quase um milagre. O Alvinegro vem de resultados ruins: derrota para o Tricolor do Morumbi (2 a 1), em Barueri, e empate com o Botafogo-SP (0 a 0), em Ribeirão Preto.

Já o São Caetano joga seu futuro no estadual. O Azulão é o décimo colocado, com 23 pontos, dois abaixo do Paulista, último a se classificar para a segunda fase neste momento. O clube do ABC vem embalado. Na rodada passada, aplicou uma goleada histórica no “vizinho” São Bernardo por 6 a 1, com cinco gols do centroavante grandalhão Eduardo.

Robério Pereira Pires será o árbitro da partida. Ele será auxiliado por Dante Mesquita Junior e Ricardo Busette. 

Corinthians: Mesmo tendo chances remotas, o Timão ainda está de olho na liderança do Campeonato Paulistao. A equipe precisa voltar a vencer para não permitir que Palmeiras e São Paulo abram ainda mais vantagem. O Corinthians vem de uma derrota e um empate. Mais do que triunfar novamente, Tite cobra uma evolução para a equipe entrar preparada para brigar pelo título nas quartas de final.

São Caetano: A goleada sobre o São Bernardo na rodada passada fez o Azulão renovar as esperanças pela classificação. O time da Grande São Paulo precisa vencer os dois jogos restantes e torcer contra adversários diretos para entrar no grupo dos oito melhores que continuarão na luta pela taça.

Corinthians: Com os mesmos três desfalques da rodada passada, o Timão vai a campo com a formação que empatou em Ribeirão Preto. O lateral-direito Alessandro e o atacante Dentinho, suspensos por dois e três jogos, respectivamente, pelas expulsões contra o São Paulo seguem fora. Moradei e Willian ficam com as vagas. O atacante Jorge Henrique, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo, sentiu uma lesão na coxa esquerda durante a semana e não retorna. Ramírez permanece. A escalação: Julio Cesar, Moradei, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Ramírez e Morais; Willian e Liedson.

São Caetano: O técnico Ademir Fonseca tem todos os jogadores à disposição e não deve fazer mudanças na formação titular. O meia Ailton teve uma indisposição pouco antes do último jogo, mas tem retorno assegurado, pelo menos no banco de reservas. O time começa com: Luiz, Jean, Thiago Martinelli e Anderson Marques; Artur, Augusto Recife, Souza, Walter Minhoca e Bruno Recife; Eduardo e Antônio Flávio.

Liedson: artilheiro Paulistão, com dez gols, o Levezinho não balança a rede há duas rodadas, um recorde desde que retornou ao clube no início do ano. Jogando no Pacaembu com o apoio da Fiel, o jogador não costuma desperdiçar chances.

Eduardo: o centroavante foi o destaque da rodada passada com a incrível marca de cinco gols anotados em um único duelo. Em alta, tem a comissão de comandar o ataque azul rumo à classificação para as quartas de final.
header o que eles disseram

Tite, técnico do Corinthians: “O São Caetano vem se recuperando na competição, mas ainda temos a possibilidade de ficarmos em primeiro e vamos em busca da vitória. Em vencendo, levamos essa decisão para a última rodada”.

Walter Minhoca, meia do São Caetano: “Independentemente de quem jogar, o São Caetano provou que tem um elenco de bom nível, que não sente quando perde alguma peça. O Ademir vai estudar o Corinthians e escalar o que acha melhor, um time capaz de fazer uma partida de alto nível. O importante é o resultado. Para nós, é uma final”.
header números e curiosidades

Notícias relacionadas