Sexta-feira da paixão sangrenta: PM registra 5 homicídios e um tiroteio entre ga - WSCOM

menu

Policial

22/04/2011


PM registra 5 homicídios e um tiroteio

Em João Pessoa

Foto: autor desconhecido.

{arquivo}A sexta-feira da Paixão de Cristo é um dia para se proclamar o silêncio e a penitência pelo sofrimento e morte de Jesus Cristo. No entanto, a tradição religiosa foi deixada de lado em vários pontos da Capital. Desde as primeiras horas do dia, vários homicídios, confusões e tiroteios foram registrados em bairros periféricos de João Pessoa. Até as 18 horas, cinco mortes tinham sido registradas pela Delegacia de Homicídios.

Por volta das 6h30, em Mangabeira I, o comerciante conhecido apenas por Wendel, foi executado com um tiro na cabeça no interior de um Posto de Combustível. Segundo informações da PM, ele passou a noite bebendo em um bar próximo ao local e, quando voltava para casa foi executado com um tiro na cabeça disparado por uma dupla em uma moto.

Já em Mangabeira IV, o corpo de um ex-presidiário, ainda não identificado, foi encontrado em um terreno baldio próximo ao ponto final de parada da linha de ônibus 301.

Grotão

Por volta do meio dia, Mário Suzano Mendes, de 47 anos foi executado em sua própria residência, localizada na Rua Cuiabá, no bairro do Grotão, em João Pessoa. Ele estava sozinho quando um homem arrombou a porta do banheiro e o matou a sangue frio.

Segundo informações da PM, o crime pode ter sido motivado por vingança, já que a vítima era ex-presidiário e cumpriu pena por ter esfaqueado um homem há alguns anos. Ele havia deixado a penitenciária há uma semana.

Riachinho

{arquivo}Já às 13h, o adolescente Thiago Augusto Pereira, de 16 anos, foi assassinado cruelmente na comunidade do Riachinho, localizada no bairro Treze de Maio. Segundo a PM, ele estava indo para casa de um amigo quando foi alvejado com seis tiros na cabeça. Não se sabe os motivos do crime.

Cristo

Já no bairro do Cristo Redentor, em torno das 13h30, Waldir Santos da Silva, de 26 anos, conhecido como ‘Neguinho’, foi assassinado com um tiro na cabeça. O crime aconteceu no cruzamento próximo a Escola Estadual Liliosa de Paulo Leite. Nesse caso, PM também não soube informar os motivos do crime.

Bairro dos Novais

Já por volta das 15h, a polícia registrou mais um homicídio. O trabalhador braçal Cassiano Junior de Oliveira Bezerra, de 27 anos, foi executado a sangue frio na Rua da Alegria, no bairro dos Novais.{arquivo}

Cassiano era casado, tinha dois filhos e trabalhava em uma madereira, no bairro da Torre, na capital. De acordo com a polícia, ele estava bebendo com amigos quando foi alvejado com cerca de 14 disparos de arma de fogo. O crime foi tão bárbaro que os criminosos ainda cravejaram uma faca peixeira na barriga da vítima antes dele vir a óbito. Segundo a PM, vingança seria a causa do assassinato.

Todos os seis casos estão sendo investigados pela Delegacia de Homicídios, localizada na Central de Polícia, em João Pessoa.

Tiroteio

A Polícia Militar ainda registrou um tiroteio entre duas gangues rivais na Ilha do Bispo, também na Capital. Cerca de 40 policiais estão na região em perseguição a essses bandidos.

Notícias relacionadas