Sete soldados dos EUA morrem em ataques no Iraque - WSCOM

menu

Internacional

02/08/2005


Sete soldados dos EUA morrem

Seis fuzileiros americanos foram mortos na cidade de Haditha, no oeste do Iraque – uma área onde a insurreição no país tem aumentado.

Um porta-voz do Exército dos Estados Unidos não especificou no anúncio, nesta terça-feira, se todos morreram em um ataque ou em incidentes diferentes.

A área fica perto da Síria e oficiais militares americanos acreditam que insurgentes que conseguiram cruzar a vasta fronteira no deserto estavam envolvidos em recentes ataques.

Segundo a agência de notícias Associated Press, um sétimo soldado americano morreu em um atentado a bomba suicida em outro incidente na volátil região do vale do rio Eufrates.

Na capital, Bagdá, vários soldados dos Estados Unidos e dezenas de civis iraquianos ficaram feridos em um atentado a bomba suicida contra uma patrulha militar americana.

Um carro explodiu perto de uma patrulha da polícia na cidade de Baqouba, matando um policial e uma criança.

Homens armados não identificados em Bagdá mataram o diretor de um hospital e o encarregado da delegacia de Abu Ghraib, assim como vários civis.

Notícias relacionadas