Servidores publicos de São Paulo entram em greve contra proposta da previdência - WSCOM

menu

Brasil

05/02/2019


Servidores publicos de São Paulo entram em greve contra proposta da previdência

Foto: autor desconhecido.

Nesta segunda-feira (4), os servidores públicos municipais de São Paulo entraram em greve contra o plano de previdência SampaPrev, instituído pela lei 17.020/2018, aprovada pela Câmara dos Vereadores nos últimos dias de 2018.

 

O novo regime aumenta a contribuição de 11% para 14% da folha de pagamento e faz parte da reorganização previdenciária de São Paulo, rejeitada desde o início por servidores e oposição. Atualmente, a Prefeitura de São Paulo conta com 121 mil servidores municipais ativos e 120 mil aposentados e pensionistas.


Portal WSCOM