Servidores da Saúde rejeitam proposta e entram em greve na segunda; secretário a - WSCOM

menu

Paraíba

23/07/2007


Servidores da Saúde rejeitam proposta

Os servidores da rede estadual de Saúde rejeitaram em assembléia geral no início da noite desta segunda-feira, 23, a proposta do Governo de 3,5% de reajuste salarial e anunciaram uma greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda, 30. O secretário de Saúde, Geraldo Almeida, declarou que ainda está aberto à negociação e espera uma nova reunião, ainda nesta semana, para evitar uma paralisação da categoria.

“A greve é um instrumento dos trabalhadores e a respeitamos. Entretanto, é necessário que haja o respeito à Lei e aos pacientes do sistema público de saúde. Mesmo assim, esperamos nova reunião para que possamos chegar a um consenso”, argumentou.

A assembléia aconteceu em frente ao Centro de Assistência Médica Especializada (CAME) de Jaguaribe, cujas atividades já devem ser paralisadas a partir desta quarta-feira, 25.

Notícias relacionadas