Sertanejo é suspeito de esfaquear cliente de boate onde fazia show - WSCOM

menu

Policial

24/09/2018


Sertanejo é suspeito de esfaquear cliente de boate onde fazia show

Foto: autor desconhecido.

Um cantor sertanejo é suspeito de ter esfaqueado um cliente de uma boate na madrugada desse domingo (23) em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil, Léo Henrique, de 27 anos, que faz dupla com o cantor Leandro, pegou um facão e golpeou um cliente que teria assediado a mulher dele durante a apresentação do músico no local.

O cantor fugiu do local. Ele foi identificado pela polícia, mas não foi localizado. A Divisão de Homicídios da Polícia Civil de Lucas do Rio Verde começou a investigar a tentativa de assassinato. O G1 não localizou o advogado do cantor.

Testemunhas disseram que Léo se comprometeu em ir até a delegacia, acompanhado do advogado, após o prazo de 48 horas.

Sandro Mendes Figueiredo está internado em estado grave — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

Sandro Mendes Figueiredo está internado em estado grave — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

A vítima, identificada como Sandro Mendes Figueiredo, de 31 anos, está internada em estado grave

Segundo a Polícia Civil, o episódio ocorreu às 4h20 do domingo na boate Duplin Pub, no Bairro Menino Deus.

G1 ligou para o responsável do estabelecimento, mas as ligações não foram atendidas. A dupla sertaneja é de Lucas do Rio Verde e era uma das atrações da boate na noite de sábado (22).

O caso

Testemunhas chamaram a Polícia Militar depois que uma pessoa foi ferida por golpes de facão na cabeça. Uma equipe do Corpo de Bombeiros encaminhou Sandro até o Hospital São Lucas.

Os policiais encontraram o facão na frente do estabelecimento. Testemunhas afirmaram que Sandro foi atacado na cabeça pelo cantor Léo, que se apresentou com Leandro na casa de show.

A polícia teve acesso a mensagens que o cantor mandou para uma testemunha. Na conversa, Léo confessa que estava cantando no palco quando percebeu que Sandro teria assediado a mulher dele, que assistia ao show.

O cantor afirma que chegou a pedir para que a vítima parasse de assediar a mulher dele.

O suspeito ainda detalhou que foi empurrado pela vítima e que, depois disso, decidiu ir até o carro e buscar o facão. Sandro, na versão do cantor, teria ido encontrá-lo na frente da boate, onde foi esfaqueado na cabeça.

Um áudio de uma testemunha também foi entregue para a polícia, onde confirma que o cantor atacou o cliente.

Ainda conforme a Polícia Civil, Sandro continua internado nesta segunda-feira (24). Ele passou por cirurgia e teve uma parte do crânio retirada depois que os médicos encontraram um inchaço no cérebro dele.

G1