Senado dos EUA vota sobre retirada do Iraque - WSCOM

menu

Internacional

22/06/2006


Senado dos EUA vota sobre

O Senado americano deve votar nesta quinta-feira duas propostas do partido Democrata que prevêem a retirada das tropas americanas do Iraque.

Uma delas propõe que os últimos soldados deixem o país até julho do ano que vem e a outra planeja uma retirada gradual iniciada neste ano, mas não oferece um prazo para a saída final do Iraque.

A discussão acalorada sobre o assunto no Senado indica que o debate vai ter uma forte influência nas eleições para o Congresso daqui a quatro meses.

Os republicanos acusam os democratas de serem “fracos contra o terrorismo” e dizem que o fato de terem sido apresentadas duas propostas mostra a divisão dentro do partido.

Já os membros do partido Democrata acusam os republicanos de “seguir o presidente Bush cegamente” num conflito que está se provando cada vez mais impopular com os eleitores americanos.

De acordo com o correspondente da BBC em Washington Andy Gallacher, tanto republicanos como democratas estão tentando lucrar politicamente com o assunto, mas ele acredita que é improvável que alguma das propostas seja aprovada no Senado.

Tropas americanas

Em meio ao debate nos Estados Unidos, a violência no Iraque continua.

O Exército americano anunciou nesta quinta-feira que quatro fuzileiros navais americanos foram mortos esta semana.

Três deles morreram quando o veículo onde estavam foi atingido pela explosão de uma bomba na província de Anbar, oeste do Iraque.

O quarto fuzileiro foi atingido por tiros durante uma operação de segurança na mesma província.

Mais de 2,5 mil soldados americanos morreram no Iraque desde a invasão que tirou Saddam Hussein do poder em 2003, a maior parte deles durante ataques de insurgentes.

Atualmente 127 mil soldados ainda estão a serviço do exército dos Estados Unidos no país.