Secretário executivo do Ministério da Integração Nacional pede afastamento do ca - WSCOM

menu

Política

02/08/2005


Secretário executivo do Ministério da

O secretário executivo do Ministério da Integração Nacional, Marcio Lacerda, pediu afastamento de seu cargo nesta segunda-feira. Ele tomou a decisão após o depoimento da gerente administrativa da agência de publicidade SMP&B, Simone Vasconcelos, à Polícia Federal em que o acusou de ter sacado R$ 1 milhão das contas de Marcos Valério no Banco Rural.

Segundo o comunicado, Márcio Lacerda negou ao ministro Ciro Gomes estar envolvido no caso. Lacerda fez o pedido de afastamento para evitar que o ministério “seja envolvido nos escândalos por que passa o país”. A nota informa ainda que o ministro Ciro Gomes aceitou o pedido e irá “ajudar para que todos esses fatos sejam totalmente esclarecidos no mais breve espaço de tempo possível”.

Desde 2003, Simone teria recebido autorização para sacar cerca de R$ 5,5 milhões. Para explicar o destino desse dinheiro, Simone levou à Polícia Federal uma lista com o nome das pessoas para quem entregou os saques, a maior parte das vezes na agência do Banco Rural do Brasília Shopping.

Notícias relacionadas