Secretaria confirma que não há mais vítimas do atirador em estado grave - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

13/04/2011


Realengo: não há vítimas em estado grave

Foto: autor desconhecido.

O estudante de 13 anos que estava internado em estado grave no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, após ataque à Escola municipal Tasso da Silveira, já apresenta quadro de saúde considerado estável na tarde desta quarta-feira (13), de acordo com o boletim médico divulgado pela Secretaria estadual de Saúde.

O menino já respira sozinho, com quadro estável em observação permanente no pós-operatório da neurocirurgia. Outra criança que segue internada no mesmo hospital, uma menina, também de 13 anos, apresenta quadro estável, está lúcida e orientada. Ambos estão no CTI pediátrico da unidade.

No Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo, um menino de 14 segue em estado regular, respira sem ajuda de aparelhos e está lúcido, mas permanece no Centro de Terapia Intensiva. Outro, de 12, continua evoluindo bem, tendo deixado o CTI.

No Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo, na Região Metropolitana, o estudante de 14 anos passa bem, está lúcido e orientado, mas permanece no CTI pediátrico.

Nesta manhã, um estudante recebeu alta do Hospital Universitário Pedro Ernesto, na Zona Norte.

O crime aconteceu na quinta-feira (7). Por volta das 8h30, Wellington Menezes de Oliveira entrou na escola em Realengo, na Zona Oeste, atirou em salas de aula lotadas e matou 12 crianças. O atirador foi atingido por um policial e se suicidou.

Notícias relacionadas