Saúde pode entrar em greve a partir do próximo mês - WSCOM

menu

Paraíba

29/07/2007


Saúde pode entrar em greve

A notícia sobre um novo concurso público para a área de saúde, na Paraíba, tem gerado expectativa em muitos profissionais da área. Anunciada, de forma extra-oficial, há cerca de 2 meses pelo governador Cássio Cunha Lima, a seleção, mesmo antes de ser autorizada, já causa polêmica.

Os servidores antigos questionam a existência de um novo concurso, sem que o governador tenha decidido sobre o aumento salarial dos profissionais atuais. “Nós estamos em campanha salarial, mas, em termos de salário, nada até agora foi definido”, declarou Joana Batista, presidente do sindicato dos odontólogos do Estado.

Ela revela que os servidores estão com os salários congelados e o piso de nível superior é de R$ 500,00 (há quatro anos não teria um reajuste). Além disso, os adicionais de insalubridade, risco de vida e periculosidade estariam congelados em R$ 40.

O sindicato anuncia que, na próxima semana, realizará uma assembléia, com apoio do SindSaúde, para decidir qual o direcionamento que a categoria deve tomar.

“Nós queremos o concurso, mas é preciso que os profissionais antigos também recebam atenção”, fala Joana, acrescentando que esse novo concurso não teria passado nem pela aprovação do Conselho Estadual de Saúde.

A presidente do Sindodonto não descarta a possibilidade de uma greve geral, caso as negociações com o governo não avancem até o próximo mês.

Notícias relacionadas