Saúde é o problema mais citado pelos eleitores, apontam pesquisas - WSCOM

menu

Política

26/08/2018


Saúde é o problema mais citado pelos eleitores, apontam pesquisas

Educação e segurança pública completam a lista das três áreas que enfrentam maiores problemas em 25 estados brasileiros e no DF de acordo com os entrevistados

Foto: autor desconhecido.

A saúde aparece como o problema mais citado pelos eleitores de 25 estados e do Distrito Federal, segundo pesquisas realizadas pelo Ibope neste mês de agosto.

Mesmo se considerada a margem de erro (de 3 pontos percentuais para mais ou para menos), a saúde fica com o 1º lugar em número de menções em todos os locais pesquisados. Apenas em Minas Gerais ainda não foi divulgada uma pesquisa Ibope após o registro dos candidatos nas eleições deste ano.

Saúde é o problema mais citado por eleitores nos estados (Foto: Igor Estrella/G1)Saúde é o problema mais citado por eleitores nos estados (Foto: Igor Estrella/G1)

Saúde é o problema mais citado por eleitores nos estados (Foto: Igor Estrella/G1)

Numericamente, ao menos 70% dos eleitores declaram a saúde como uma das três áreas que a população dos estados enfrentam maiores problemas, exceto em Alagoas, onde ela é citada por 42% dos entrevistados. O maior índice é verificado no Rio Grande do Norte (89%), seguido de Rondônia (84%) e Amazonas (83%).

Em suas pesquisas, o Ibope apresentou uma lista de áreas e pediu que os eleitores elencassem as três em que o estado estivesse enfrentando os maiores problemas. As áreas listadas foram:

  • agricultura
  • assistência social
  • corrupção
  • drogas
  • educação
  • energia elétrica
  • estradas/rodovias
  • funcionalismo público
  • geração de empregos
  • habitação/moradia
  • imposto e taxas
  • lazer e cultura
  • meio ambiente
  • saneamento básico/água e esgoto
  • saúde
  • segurança pública
  • transporte/mobilidade
  • turismo

Além das opções, os eleitores podiam responder “nenhuma destas”, dizer que não sabiam ou não responderem.

As outras duas áreas mais apontadas foram educação e segurança pública, sempre com uma diferença maior que a margem de erro para as demais, exceto em dois estados.

Alagoas se mantém como exceção. No estado, após a saúde, uma série de temas são citados em percentuais próximos: drogas (13%), segurança pública (11%), geração de empregos (8%), educação (5%), corrupção (5%). E em Santa Catarina, o 4º tema mais citado (corrupção, 30%) empata na margem de erro com o 3º (segurança pública, 35%).

Veja as três principais preocupações citadas em cada estado e o respectivo percentual:

Acre

  • saúde: 79%
  • segurança pública: 66%
  • educação: 42%

Alagoas

  • saúde: 42%
  • drogas: 13%
  • segurança pública: 11%

Amapá

  • saúde: 81%
  • segurança pública: 52%
  • educação: 43%

Amazonas

  • saúde: 83%
  • segurança pública: 63%
  • educação: 45%

Bahia

  • saúde: 79%
  • educação: 48%
  • segurança pública: 47%

Ceará

  • saúde: 73%
  • segurança pública: 54%
  • educação: 40%

Distrito Federal

  • saúde: 87%
  • segurança pública: 61%
  • educação: 55%

Espírito Santo

  • saúde: 76%
  • segurança pública: 52%
  • educação: 45%

Goiás

  • saúde: 79%
  • segurança pública: 57%
  • educação: 46%

Maranhão

  • saúde: 81%
  • educação: 48%
  • segurança pública: 43%

Mato Grosso

  • saúde: 81%
  • educação: 48%
  • segurança pública: 38%

Mato Grosso do Sul

  • saúde: 76%
  • segurança pública: 40%
  • educação: 39%

Pará

  • saúde: 72%
  • segurança pública: 49%
  • educação: 48%

Paraíba

  • saúde: 72%
  • segurança pública: 51%
  • educação: 40%

Paraná

  • saúde: 73%
  • educação: 46%
  • segurança pública: 42%

Pernambuco

  • saúde: 74%
  • segurança pública: 53%
  • educação: 43%

Piauí

  • saúde: 71%
  • educação: 51%
  • segurança pública: 46%

Rio de Janeiro

  • saúde: 82%
  • segurança pública: 63%
  • educação: 55%

Rio Grande do Norte

  • saúde: 89%
  • segurança pública: 80%
  • educação: 55%

Rio Grande do Sul

  • saúde: 79%
  • segurança pública: 59%
  • educação: 49%

Rondônia

  • saúde: 84%
  • educação: 51%
  • segurança pública: 40%

Roraima

  • saúde: 81%
  • segurança pública: 58%
  • educação: 50%

Santa Catarina

  • saúde: 72%
  • educação: 50%
  • segurança pública: 35%

São Paulo

  • saúde: 70%
  • educação: 46%
  • segurança pública: 45%

Sergipe

  • saúde: 78%
  • segurança pública: 59%
  • educação: 46%

Tocantins

  • saúde: 79%
  • educação: 43%
  • segurança pública: 43%

Sobre as pesquisas:

Todas as pesquisas têm margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Confira as informações sobre cada pesquisa:

  • Acre: realizada entre 18 e 21 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 19 municípios. Contratada por Rádio TV do Amazonas Ltda. Registro no TRE protocolo nº AC-08479-2018 e no TSE protocolo nº BR‐00533/2018.
  • Alagoas: realizada entre 13 e 15 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 36 municípios. Contratada por TV Gazeta de Alagoas Ltda. Registro no TRE protocolo nº AL-00461/2018 e no TSE protocolo nº BR-01162/2018.
  • Amapá: realizada entre 13 e 16 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 14 municípios. Contratada por Rádio TV do Amazonas Ltda. Registro no TRE protocolo nº AP-03839/2018 e no TSE protocolo nº BR-07096/2018.
  • Amazonas: realizada entre 13 e 16 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 23 municípios. Contratada por Rádio TV do Amazonas Ltda. Registro no TRE protocolo nº AM-01315/2018 e no TSE protocolo nº BR-05767/2018.
  • Bahia: realizada entre 19 e 21 de agosto. Foram entrevistados 1.008 eleitores em 58 municípios. Contratada por Televisão Bahia S.A. Registro no TRE protocolo nº BA-03534/2018 e no TSE protocolo nº BR-09377/2018.
  • Ceará: realizada entre 13 e 15 de agosto. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 58 municípios. Contratada por Televisão Verdes Mares Ltda. Registro no TRE protocolo nº CE-04197/2018 e no TSE nº BR-08812/2018.
  • Distrito Federal: realizada entre 21 e 23 de agosto de 2018. Foram entrevistados 1.204 eleitores. Contratada por Globo Comunicação e Participações S/A. Registro no TRE protocolo nº DF-03959/2018 e no TSE protocolo nº BR-00412/2018.
  • Espírito Santo: realizada entre 15 e 17 de agosto de 2018. Foram entrevistados 812 eleitores em 32 municípios. Contratada por A Gazeta do Espírito Santo Rádio e TV Ltda / TV Gazeta. Registro no TRE protocolo nº ES-09067/2018 e no TSE protocolo nº BR-06548/2018.
  • Goiás: realizada entre 14 e 16 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 39 municípios. Contratada pela Televisão Anhanguera S/A. Registro no TRE protocolo nº GO-00742/2018 e no TSE protocolo nº BR-05595/2018.
  • Maranhão: realizada entre 20 e 22 de agosto. Foram entrevistados 1.008 eleitores em 58 municípios. Contratada por Televisão Mirante Ltda. Registro no TRE protocolo nº MA-00502/2018 e no TSE protocolo nº BR-02085/2018.
  • Mato Grosso: realizada entre 21 e 24 de agosto de 2018. Foram entrevistados 812 eleitores em 36 municípios. Contratada por Televisão Ponta Porã Ltda. Registro no TRE protocolo nº MT-04065/2018 e no TSE protocolo nº BR-01573/2018.
  • Mato Grosso do Sul: realizada entre 21 e 23 de agosto de 2018. Foram entrevistados 812 eleitores em 32 municípios. Contratada por Televisão Ponta Porã Ltda. Registro no TRE protocolo nº MS-06269/2018 e no TSE protocolo nº BR-06268/2018.
  • Pará: realizada entre 15 e 19 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 45 municípios. Contratada por Televisão Liberal Ltda. Registro no TRE protocolo nº PA-08797/2018 e no TSE protocolo nº BR-05823/2018.
  • Paraíba: realizada entre 21 e 23 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 40 municípios. Contratada por Televisão Cabo Branco Lta e Televisão Paraíba Ltda. Registro no TRE protocolo nº PB-08079/2018 e no TSE protocolo nº BR-02889/2018.
  • Paraná: realizada entre 19 e 21 de agosto. Foram entrevistados 1.008 eleitores em 55 municípios. Contratada por Sociedade Rádio Emissora Paranaense SA. Registro no TRE protocolo nº PR-04869/2018 e no TSE protocolo nº BR-06574/2018.
  • Pernambuco: realizada entre 17 e 19 de agosto. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 57 municípios. Contratada por Globo Comunicação e Participações S/A e Editora Jornal do Commercio S.A. Registro no TRE protocolo nº PE-00006/2018 e no TSE protocolo nº BR-09085/2018.
  • Piauí: realizada entre 18 e 20 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 40 municípios. Contratada por TV Rádio Clube de Teresina S.A. Registro no TRE protocolo nº PI-04617/2018 e no TSE nº BR-00028/2018.
  • Rio de Janeiro: realizada entre 17 e 20 de agosto. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 39 municípios. Contratada por Globo Comunicação e Participações S/A e Editora Globo S.A. Registro no TRE protocolo nº RJ-03249/2018 e no TSE protocolo nº BR-00596/2018.
  • Rio Grande do Norte: realizada entre 14 e 16 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 40 municípios. Contratada por Televisão Costa Branca Ltda. Registro no TRE protocolo nº RS-05553/2018 e no TSE protocolo nº BR-03466/2018.
  • Rio Grande do Sul: realizada entre 14 e 16 de agosto. Foram entrevistados 1.008 eleitores em 60 municípios. Contratada por RBS Participações S A. Registro no TRE protocolo nº RS-01969/2018 e no TSE protocolo nº BR-06119/2018.
  • Rondônia: realizada entre 18 e 21 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 30 municípios. Contratada por Rádio TV do Amazonas Ltda. Registro no TRE protocolo nº RO-03015/2018 e no TSE protocolo nº BR-09340/2018.
  • Roraima: realizada entre 13 e 16 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 14 municípios. Contratada por Rádio TV do Amazonas Ltda. Registro no TRE protocolo nº RR-03241/2018 e no TSE protocolo nº BR-01235/2018.
  • Santa Catarina: realizada entre 14 e 16 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 46 municípios. Contratada por NC Comunicações S.A. Registro no TRE protocolo nº SC-09381/2018 e BR-09360/2018.
  • São Paulo: realizada entre 17 e 19 de agosto. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 66 municípios. Contratada por Globo Comunicação e Participações S/A e S/A O Estado de São Paulo. Registrado no TRE protocolo nº SP-00450/2018 e no TSE protocolo nº BR-05723/2018.
  • Sergipe: realizada entre 14 e 16 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 36 municípios. Contratada por Rádio Televisão de Sergipe Ltda. Registro no TRE protocolo nº SE-02253/2018 e no TSE protocolo nº BR-06887/2018.
  • Tocantins: realizada entre 14 e 16 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 38 municípios. Contratada por Centro Norte de Comunicação Ltda. Registro no TRE protocolo nº TO-07815/2018 e no TSE protocolo nº BR-03809-2018.

G1