Sargento da Marinha vendia carro e prestava queixa de roubo para recuperar o ve - WSCOM

menu

Policial

19/04/2011


Sargento da Marinha preso na Capital

Fora da lei

Foto: autor desconhecido.

{arquivo}O sargento da Marinha, residente em Pernambuco, Francisco Edilardo Sampaio foi preso na noite de segunda-feira, 18, acusado de falsa comunicação, formação de quadrilha e corrupção passiva ao tentar subornar policiais do Serviço de Inteligência da Polícia Militar da PB.

A prisão do sargento Edilardo Sampaio aconteceu no centro de João Pessoa quando após oferecer R$ 2 mil a policiais militares quando recebeu voz de prisão.

Tudo aconteceu depois que os policiais receberam informações de que um homem estaria praticando falsa comunicação a polícia. Ele procurava uma delegacia para comunicar o roubo de um veículo. De acordo com levantamento feito pelo Serviço de Inteligência o militar da Marinha negociava um carro e depois procurava uma delegacia para prestar queixa de roubo no mesmo dia da venda. E, com isso recuperava o veículo negociado.

A descoberta da falcatrua do sargento aconteceu depois que ele negociou um veículo com placa de Recife e procurou a polícia para registrar a queixa.

Mas, o veículo foi encontrado pelos policiais e procuraram manter contato com a vítima que era o próprio militar da Marinha. Edilardo Sampaio ofereceu o dinheiro para ter o carro de volta e marcou o encontro com os policiais do Serviço de Inteligência. Ao chegarem no local marcado os policiais descobriram o golpe e deram voz de prisão. Na ocasião também foi preso José Feliciano da Costa, também integrante da quadrilha. A dupla foi levada para a Central de Polícia.

Notícias relacionadas