Sapé mostra evolução do IDEB, melhoria da infraestrutura escolar e maior controle das Contas - WSCOM

menu

Paraíba

03/07/2018


Sapé mostra evolução do IDEB, melhoria da infraestrutura escolar e maior controle das Contas

Foto: autor desconhecido.

O prefeito de Sapé, Roberto Feliciano, anda motivado com os índices de educação no município aferido pelo IDEB apontando que a Ímplantação de medidas inovadoras tem ampliado a oferta de modelo de qualidade já atesta evolução.

Outro item comprovado por organismos de aferição revela a melhoria na infraestrutura das escolas se comparado ao passado recente e maior controle das Contas reduzindo o custeio com gasolina.

Aliás, segundo Ele, os índices de transparência da cidade se apresenta com aprovação do TCE em quarto lugar em todo Estado.

– Somos uma gestão transparente e auditada para fazer os serviços chegarem ao maior número da população – explicou.

A reportagem do Portal WSCOM esteve buscando informações acerca dos indicadores da Prefeitura comprovando rigor na aplicação dos recursos que assim garantem escolas e ensino de qualidade e.ainda assistência na saúde com ampliação do atendimento.

Sobre uso de dados distorcidos oriundos de setores políticos descontentes, a Assessoria de Comunicação informou que improcedem os conteúdos sobre contratação temporal somente possivel dentro da Lei.

CONTROLE DE COMBUSTIVEL – A prefeitura melhorou um dos índices de maior relevância no município que é a efetividade no controle de combustível. Em 4 anos de gestão foram apresentados coeficientes de redução no consumo de combustível, em relação ao aumento dos veículos da frota, para destacarmos, na educação, em relação aos ônibus, de 2012 para 2013 foi apresentado um aumento 66,7% na frota de veículos.

INFRAESTRUTURA – Segundo dados, 2013, aos um diagnóstico situacional, foi constatado que 96% das escolas estavam em estado precário, isto é, sem condições mínimas de acolher os alunos da Rede Municipal.

Mas, após um plano estratégico, traçado pela gestão, por intermédio da Secretaria de Educação Municipal, uma transformação passou a ser observada, para se ter ideia, em 2013 apenas uma escola possuía biblioteca, atualmente foi atingido o índice de 89% das escolas com bibliotecas e\ou pontos de leitura. Sem postergar, o avanço em infraestrutura atende fielmente os índices pré-estabelecidos na Constituição, sob a égide do art.212 e também do art.70 da LDBEN, atualmente 95% das escolas da rede, estão climatizadas, o que garante uma oferta de educação básica de qualidade. Ademais, garante-se que um olhar determinístico tem sido voltado para a Educação Infantil, onde salas apropriadas para a respectiva modalidade foram instituídas e respeitando, assim, um modelo consolidado de Educação.

MAIS ALUNOS NAS CRECHES – Levantamentos feitos revelam que mantendo-se ainda o foco no eixo da Educação Infantil, podemos destacar a evolução no número de matrículas no último quadriênio.

Em 2013, segundo dados do educacenso, o número de matriculados nas creches de competência municipal era de 108 alunos, em 2017, segundo o mesmo, indicador, o número era de 440. Isto representa um avanço percentual de 407%, uma média de 101,75% a cada ano. Um aumento que pode ser levado em consideração, devido ao fato das melhorias e investimentos em infraestrutura.

Notícias relacionadas