São João é porta de entrada para o turismo de experiência na Paraíba - WSCOM

menu

Paraíba

14/06/2018


São João é porta de entrada para o turismo de experiência na Paraíba

Foto: autor desconhecido.

Pela manhã, um cafezinho regado às delícias da comida de milho e ao som do autêntico forró pé-de-serra. Logo após, um passeio por uma vila cenográfica, que remonta à épocas antigas com estruturas como a rádio difusora, casa de farinha e engenho de cachaça. Na esperada hora do almoço, um banquete regional com muita fava, buchada e tripa, para se fartar e depois descansar numa rede à sombra de um pé de algaroba.

Achou bom, esse menino?! Pois é, o rol de costumes típicos do povo nordestino que podem ser vivenciados durante os festejos juninos na Paraíba é longo, e tem sido cada vez mais priorizado por empresas ligadas ao setor de turismo no estado. A ideia, segundo eles, é dar ao cliente a sensação de se misturar à cultura e às tradições locais, gerando emoção e engajamento.

O chamado “turismo de experiência”, explica a gestora de turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim, é uma tendência mundial fundamentada em estudos sobre a mudança de comportamento dos consumidores, que verificou a necessidade humana de se envolver emocionalmente com as viagens, tornando-as únicas e especiais. Dessa forma, o turista se envolve com a cultura, gastronomia, meio ambiente e jeito de viver do local, ao invés de apenas contemplar e registrar imagens.

“Oferecer a vivência de costumes locais propicia ao turista aproveitar um festejo 100% genuíno, o que se torna um dos grandes atrativos do viajante que escolhe o São João da Paraíba”, explica a gestora, ao ressaltar que o aumento da diversidade de roteiros influencia também no tempo de permanência dos turistas na cidade, aquecendo a economia local.

Além do São João, a Paraíba tem as belezas naturais do Cariri, a riqueza cultural do Brejo, a acolhida do povo sertanejo e as belas praias do Litoral, que fazem do estado um destino apaixonante. Em cada recanto paraibano há um roteiro esperando os visitantes que viajam em busca de aventuras radicais, cultura, experiência, lazer e tranquilidade, culinária e gastronomia, ou até mesmo de novas descobertas.

Dados do Sebrae apontam que atualmente a Paraíba compreende mais de 150 atividades criativas de vivências, com foco na produção associada ao turismo e na economia criativa. “A atividade turística nos municípios paraibanos é um fator de desenvolvimento local e regional, que fortalece de pequenos a grandes negócios. O estado, hoje, tem um modelo de turismo sustentável, com inclusão social, valorização da cultural local e aumento da competitividade com visão territorial do desenvolvimento econômico, cultural, social e ambiental”, defende Regina Amorim.

Roteiros turísticos integrados da Paraíba

Santa Luzia – São João Tradição

No Sertão paraibano, Santa Luzia, a cidade que ensinou o Brasil a dançar forró, comemora este ano 76 anos de festa junina. Conhecida pelo São João tradição, na programação há festa nas praças e nas propriedades rurais, além de arraiais com quadrilha, xote, baião, camaleão, rancheira e muito forró pé de serra. As comidas de milho e os arraiais das famílias acolhem a todos que chegam com o café nas calçadas ao som de um trio pé de serra. O coco de roda faz a integração da comunidade com os visitantes e o cortejo junino de carroças, somado ao casamento matuto, trazendo um teatro interativo e uma experiência junina bem autêntica.

Areia: Destino Inovador de Vivências e Experiências

Este roteiro é uma verdadeira viagem no tempo. Nele, o turista pode ir até as remotas épocas do ciclo do açúcar. Engenhos de cana em toda a sua ancestralidade, mas em pleno funcionamento, possibilitam conhecer a produção de rapadura e cachaça. Um centro histórico tombado como Patrimônio Cultural, além das grandes atrações naturais do Brejo paraibano, como a culinária e o Turismo na Comunidade Rural de Chã de Jardim, e a Mata do Pau Ferro são um encanto à parte deste roteiro. O Brejo Paraibano é a primeira região da Paraíba que oferece uma Rota Junina composta por seis municípios.

Rota dos Ateliês – João Pessoa

Na capital paraibana, além das belíssimas praias, outra paisagem chama a atenção dos olhares mais sensíveis: a rota dos ateliês de obras de arte. São duas galerias de arte e doze artistas plásticos que abrem seus ateliês para receber os turistas.

Ecoturismo e Turismo Rural na Costa do Conde

Em um dos cenários mais deslumbrantes do Estado, o turista pode fazer trilhas que passam por praias, falésias e lugares quase que intocáveis. É possível ainda vivenciar uma experiência única com a natureza, na Aldeia Macuxi, e praticar alguns costumes indígenas, como banho de lama, passeio de caiaque e muita aventura. No município de Pitimbu, aos sábados, a cada 15 dias, acontece a Quinzena Cultural de Pitimbu, reunindo toda a cultura da região, com apresentações culturais e lindos artesanatos de fibra de coqueiro, mariscos e conchas.

Areia: Destino Inovador de Vivências e Experiências

Este roteiro é uma verdadeira viagem no tempo. Nele, o turista pode ir até as remotas épocas do ciclo do açúcar. Engenhos de cana em toda a sua ancestralidade, mas em pleno funcionamento, possibilitam conhecer a produção de rapadura e cachaça. Um centro histórico tombado como Patrimônio Cultural, além das grandes atrações naturais do Brejo paraibano, como a culinária e o Turismo na Comunidade Rural de Chã de Jardim, e a Mata do Pau Ferro são um encanto à parte deste roteiro. O Brejo Paraibano é a primeira região da Paraíba que oferece uma Rota Junina composta por seis municípios.

Rota Cariri Cultural – Entre Pedras e Veredas

O roteiro é histórico e ecológico, mostrando as riquezas da natureza e os hábitos das cidades do Cariri. Engloba as cidades de Monteiro, que possui seis pontos turísticos no Assentamento Santa Catarina, e o município de Congo, com a Serra da Engabelada e o Paraíso da Serra, um complexo turístico que mostra uma das mais belas vistas da Paraíba, para o açude Condado. Nesse roteiro, a aventura está em todo lugar.

Rota dos Lajedos – Cariri

Com atrativos naturais, relevos compostos por pedras, vales e vegetação que formam paisagens exuberantes, a Rota dos Lajedos, no Cariri paraibano, envolve atrativos das cidades de Queimadas, Caturité, Boqueirão, Cabaceiras, Boa Vista, São João do Cariri e Gurjão, englobando pontos como o Lajedo de Pai Mateus, a Pedra do Touro, a Pedra da Tartaruga, e vários outros atrativos da região ideais para o turismo de aventura e ecoturismo.