Saiba um pouco mais sobre a culinária da Rússia - WSCOM

menu

Internacional

20/06/2018


Saiba um pouco mais sobre a culinária da Rússia

Foto: autor desconhecido.

Uma culinária rica e variada – até aqui tudo bem –  rica em frutas e vegetais frescos marca o paladar de quem embarcou para a Rússia para acompanhar a Copa do Mundo. E os ingredientes que nunca faltam na cozinha por lá são batatas, manteiga, carne, pães e ovos. Além destes também são bastante comuns por lá o repolho, leite, creme azedo, cogumelos, banha de porco, tomate, maçã, mel, açúcar, sal, alho e cebola.

Devido aos inúmeros rios na Rússia, o peixe é um outro alimento que não falta dos pratos do cotidiano. As sopas condimentadas são também tradicionais.  E uma curiosidade: um prato bastante conhecido aqui no brasil, o strogonoff ou (estrogonofe), tem origem russa.

O estrogonofe ficou conhecido na Rússia na Segunda Guerra Mundial quando os soldados russos levavam a carne cortada em tiras em grandes barris mergulhada em uma mistura com sal grosso. Na hora do preparo, a carne era frita e acompanhava cebola e um creme de leite azedo muito popular por lá, de nome: smetana. A diferença da versão russa para o estrogonofe brasileiro é que lá o prato não acompanha arroz e batata palha, ele é servido com purê de batatas.

Separamos para você conhecer outros três pratos típicos da Rússia. Três porque, no país sede da copa 2018, número par é sinônimo de azar.

1.      Salada Olivier – mais famosa e conhecida como “salada russa”, a salada Olivier é uma variação da salada de batatas inventada em 1860 pelo chef belga Lucien Olivier, que atuava em um dos restaurantes mais famosos da capita Moscou. A receita original nunca foi encontrada, mas sabe-se que ela levava caviar, perdiz, pato, vitela e um molho secreto. A nova versão da salada olivier contém batata cozida cortada em cubos, cenoura, ervilha, pepino ou picles e ovo em infusão de molho de maionese. É bastante tradicional em dias festivos na Rússia, como no Ano Novo.

2.      Khinkali– é um prato bastante tradicional, são pastéis de massa cozidos, cuja receita leva farinha de trigo, água, sal e ovos inteiros. Pode ser recheado com carne moída, cogumelos ou queijo. A carne pode ser bovina, porco, carneiro ou até mesmo uma mistura delas. O interessante desse prato é o fato da massa ter um formato de uma pera e, no seu topo, um botão. Se quiser seguir à risca o costume russo, você deve segurar a massa por esse topo e fazer um furo com o dente para primeiro apreciar o molho da carne que está no recheio.

  1. Borsht – é uma sopa bem típica feita a base de beterraba. É um dos pratos mais famosos da Rússia, é cultural servir bem quente e com uma colher de Smetana (creme de leite russo) para acompanhar. Entre os ingredientes estão batata e o creme. Geralmente, é uma ótima pedida para os dias mais frios.

 

A culinária e o futebol com certeza unem mundos e culturas diferentes. Quem pensa que é fácil seguir à risca receitas de outros país que não conhece até acredita que o prato vai sair delicioso de primeira. Mais do que saber cozinhar, é preciso estudar a origem e combinação de cada ingrediente.

 

Se interessou e ficou animado em estudar o que engloba a culinária do seu país e dos demais? Por que não estudar Gastronomia? Você ainda pode ingressar em uma faculdade com bolsas de estudo de até 70% de desconto, pelo Educa Mais Brasil. Para conseguir uma bolsa acesse o portal parceiro do Wscom http://www.educamaisbrasil.com.br/wscom.

Notícias relacionadas