Saiba a importância de cuidar de si mesmo para ter mais saúde e qualidade de vida - WSCOM

menu

Saúde

04/09/2018


Saiba a importância de cuidar de si mesmo para ter mais saúde e qualidade de vida

 Cuidar de si mesmo deve ser sempre uma prioridade. Não! Isso não é egoísmo. É questão de saúde e qualidade de vida. Se você está bem, conseguirá cuidar das outras pessoas e do seu trabalho da melhor forma. E lembre-se: não é possível ser a melhor pessoa em tudo que se faz, por isso, não se frustre e não se cobre.

 Em uma analogia bem simples, podemos entender o que é cuidar de si para poder cuidar do outro. Numa viagem de avião, por exemplo, sempre somos alertados que, em caso de despressurização, devemos primeiro colocar a máscara em nós mesmos e depois ajudar crianças, idosos ou quem estiver em dificuldade. Como em um procedimento de emergência durante um voo, na vida é a mesma coisa.

 A psicóloga clínica Abigail Soares Lopes, que atua no setor de Promoção da Saúde do Viver Melhor, unidade própria da Unimed João Pessoa, resume bem a importância de cuidarmos de nós mesmos. “Como posso cuidar do outro se não cuido de mim? É necessário que nossa saúde mental esteja em equilíbrio, para que nosso corpo não adoeça. Isso é o princípio básico da humanização da assistência: cuidar de quem cuida. Como posso dar aquilo que não recebo, e, se o dou, com certeza será de péssima qualidade”, explica.

Atividades prazerosas

 Portanto, esteja sempre em dia com você. Gosta de unhas bem feitas? Faça sempre. Gosta de futebol? Reserve um tempinho para assistir ou mesmo jogar uma partida. Faça uma atividade física. Encontre amigos. Leia um bom livro ou assista uma série na TV. Afinal, a felicidade está relacionada à nossa qualidade de vida, e só se cuida quem está de bem consigo mesmo.

  “Tudo isso é possível quando existe planejamento e se prioriza a saúde mental, o bem-estar, a qualidade de vida. O ser humano necessita de lazer, ter sua válvula de escape do bem, porque se não a válvula de escape caminha para comportamentos inadequados como, por exemplo, fuga na bebida, na comida e nas drogas, como forma de compensar aquilo que nos falta”, orienta Abigail Lopes.

Procurando o equilíbrio

 A assistente social Pecilda Costa Alves trabalha em escala de plantão no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, unidade própria da Unimed JP. Ela também tem outro vínculo empregatício. Além disso, tem marido, dois filhos adolescentes e uma casa para cuidar. Mas, é adepta da seguinte filosofia: estar bem, para poder desenvolver suas funções de profissional, mãe e esposa.

 Academia, praia e viagem são atividades que estão no planejamento de Pecilda. “Você tem que ter um tempo para cuidar de você, de se olhar. Por isso, procuro administrar meu tempo da melhor forma possível, para que eu possa me cuidar primeiro”, disse.

   Para a assistente social, é importante que as pessoas estejam bem mental e fisicamente para poder dar conta de todas as atribuições do dia a dia. “Fazer o que gosta te dá prazer, te proporciona melhor qualidade de vida no momento atual e no futuro. As pessoas já estão percebendo isso e começando a se cuidar”, ressaltou a assistente social.

Notícias relacionadas