Sai primeira parcela do Fundo Cultural de Cajazeiras, anuncia Bira de Assis - WSCOM

menu

Cultura

01/05/2019


Sai primeira parcela do Fundo Cultural de Cajazeiras, anuncia Bira de Assis

O secretário de Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Cajazeiras, Ubiratan di Assis, anunciou em solenidade a entrega dos cheques da primeira parcela referente ao edital do Fundo Municipal de Cultura (Fuminc) 2018, que será desenvolvido neste ano de 2019. Serão pagos 30% do total do valor aprovado para cada orçamento apresentado pelos proponentes.

 

A solenidade será às 19 horas desta quinta-feira (2), na sede da Secult, no Casarão da Epifânio Sobreira, com a presença do prefeito José Aldemir.


Foram selecionados 38 projetos nas mais diversas áreas artísticas e culturais em Cajazeiras, como: cinema, circo, literatura, dança, teatro, música, artes plásticas, cultura popular e eventos.


SIGNIFICADO

Segundo o secretário Ubiratan di Assis, o objetivo era selecionar projetos que contemplassem os mais diversos segmentos artísticos e culturais do município. “Pelos projetos selecionados, percebemos a diversidade cultural existente em Cajazeiras, numa prova de que está mantida acesa a chama da terra da cultura. Parabenizo a todos os agentes culturais pela apresentação dos projetos. Infelizmente, por conta dos limites orçamentários, não poderíamos aprovar todos, mas acredito que a seleção contempla bem nossa diversidade cultural”, afirmou.

 

COMO É

 

Os investimentos em cultura do governo municipal para 2019 serão em torno de R$ 217 mil, sendo que, desse valor, 15% são retidos para a manutenção do Fundo.


No ano passado, os investimentos foram de R$ 130 mil. O Fuminc incentiva com recursos financeiros os projetos aprovados por uma equipe técnica em análise de projetos culturais composta por três pessoas, satisfazendo as exigências contidas no edital, dentro dos limites orçamentários e financeiros.

 

Segundo dados, a Prefeitura Municipal de Cajazeiras, na atual gestão, foi a primeira a respeitar a lei de incentivo a cultura, ao repassar ao Fuminc o percentual de 2% da arrecadação do município, conforme a lei 1891/2010.


Portal WSCOM