“Ruy e Manoel Jr queriam me colocar em um cercado e eu pulei”, diz Maranhão - WSCOM

menu

Política

23/02/2018


“Ruy e Manoel Jr queriam me colocar em um cercado e eu pulei”, diz Maranhão

Foto: autor desconhecido.

O senador José Maranhão (MDB) declarou nesta sexta-feira (23), à Arapuan Fm, que o plano do vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (MDB), e do presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, era colocá-lo em um “cercado”.

Provocado sobre se teria “pulado fora” da aliança das oposições, Maranhão citou o nome dos aliados e disse ainda que a palavra “oposições” é inapropriada.

“Eles queriam me colocar em um cercado por isso eu pulei. Essa palavra, ‘oposições’ está inapropriada. PSDB, MDB, sempre foram independentes”, declarou.

Maranhão ainda declarou que por duas vezes acatou alianças que beneficiaram o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD). Em 2006, quando concorreu com Luciano ao cargo de governador e vice, e em 2016, ano da reeleição de Cartaxo na prefeitura.

“Na minha eleição de governador, fizemos aliança que com o PT, porque tinha longo tempo de tevê, e Luciano Cartaxo foi o meu candidato, escolhi ele dentro do PT. O PT local não queria aceitar, mas nós fomos a Lula. Depois a eleição mais recente, elegemos prefeito de João Pessoa. Porque é que agora temos votar de novo em Luciano? Isso não é democracia, é eleição de um candidato só. Tem que ser ele toda a vida? Isso é comum em regime monárquico”, destacou.

Por fim, ele defendeu que Cartaxo seja candidato, e que o imbróglio seja decidido nas urnas. “Não faz mal ele ser candidato, nisso tudo a gente tem que ser democrata, perdeu perdeu, ganhou ganhou”, finalizou.