Ruy Carneiro estranha pedido de Ricardo para que Governo do Estado subsidie empr - WSCOM

menu

Política

19/10/2005


Ruy Carneiro estranha pedido de

O deputado estadual Ruy Carneiro (PSDB) estranhou o comportamento do prefeito Ricardo Coutinho (PSB), que solicitou ao governador Cássio Cunha Lima (PSDB), na tarde de terça, 18, a isenção do ICMS sobre o óleo diesel usado pelas empresas de ônibus.

Ricardo também solicitou que o Governo do Estado financie os custos da gratuidade dos policiais civis e militares nos ônibus urbanos. “Antigamente, o prefeito comandava movimentos estudantis sempre contra o aumento de passagens e, agora, está prestes, em nove meses, a ser o prefeito que mais aumentou a tarifa dos transportes

coletivos em João Pessoa”, lembrou Ruy Carneiro.

O prefeito Ricardo Coutinho, segundo Ruy Carneiro, ainda está buscando beneficiar empresários do setor de transportes coletivos com privilégios, em detrimento dos servidores públicos e daqueles que sobrevivem da arrecadação do Estado. “O prefeito está querendo que o governo estadual aumente as despesas pagando isenções, como a gratuidade dos policiais militares e civis, que foram dadas no

passado pelo município”, ressaltou o deputado.

“Ricardo Coutinho tem que assumir a responsabilidade de ser prefeito e não querer repassar qualquer ato administrativo que possa lhe trazer algum destaque político”, enfatizou Ruy Carneiro, lembrando que o vereador e deputado que, em momentos anteriores, comandava os movimentos está agora com a responsabilidade e a caneta na mão para conceder o maior aumento de tarifas da história de João Pessoa.

Na semana passada, a Conselho Tarifário da Capital aprovou um novo reajuste das tarifas de transportes no valor de R$ 1,50. A decisão foi encaminhada para homologação pelo prefeito Ricardo Coutinho, que ainda não se pronunciou

sobre o assunto, gerando protestos por parte da classe estudantil que reivindica o não aumento das passagens.

Este será o segundo aumento concedido este ano. No dia 28 de fevereiro, a tarifa dos transportes coletivos passou de R$ 1,15 para R$ 1,30.

Notícias relacionadas