Roseana diz que deixará secretaria de Saúde e acusa presidente do Simed de machi - WSCOM

menu

Paraíba

08/04/2011


Roseana chama Tarcisio de machista

Greve dos Médicos

Foto: autor desconhecido.

A secretaria municipal de Saúde de João Pessoa, Roseana Meira, revelou nesta sexta-feira (08), que deixará a pasta no final do governo do prefeito Luciano Agra (PSB). “Minha missão como secretaria se encerra nesta gestão de Agra”, revelou.

A declaração de Roseana foi feita durante entrevista a imprensa, na qual analisava as negociações com os médicos do município, que estão em greve desde o início da semana.

Roseana também acusou o presidente do sindicato dos médicos da Paraíba (SIMED), Tarcisio Campos, de machismo e preconceituoso, e disse que a greve tem conotação política.

“Você sabe qual foi à tônica, a falar do presidente do SIMED durante a ultima assembléia da categoria: vamos provar a ela que nós somos machos, que vamos vencer esta queda de braço. Esse é um discurso retrogrado, machista, preconceituoso, lastimável, reprovável, principalmente por partir de um presidente de uma entidade de tão grande importância, mas que a usa para fazer politica, como se fez nas eleições passadas, quando diziam que Maranhão faz bem para a saúde, quando sabemos que Maranhão acabou com a saúde”, disse.

A secretaria comentou que as criticas e resistência ao seu nome, por parte dos médicos, consiste no fato de ser farmacêutica. “Conhecimento não se mede pela formação acadêmica”, disse.

Notícias relacionadas