Romero lamenta a morte do "desbravador" Walter Brito - WSCOM

menu

Paraíba

20/09/2017


Romero lamenta a morte do Walter Brito

DESBRAVADOR

Foto: autor desconhecido.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, lamentou a morte do empresário Walter Brito, 87, ocorrida na madrugada desta quarta-feira, 20, em sua residência, por conta da falência múltipla dos órgãos.

Walter Correia Brito foi fundador e proprietário da empresa Expresso Real, que há décadas explora a linha de ônibus Campina Grande-João Pessoa e vice-versa, além de outras rotas paraibanas. Ele deixa oito filhos, dentre eles o ex-deputado Walter Brito Filho e o neto, ex-deputado federal Walter Brito Neto.

Para Romero Rodrigues, Campina Grande perdeu um de seus desbravadores do desenvolvimento. “Arrojado nos negócios, consciente de seus deveres de cidadão e cordato como pessoa. A Paraíba deve muito a ele e sua ausência deixa uma grande lacuna”, destacou o prefeito.

O corpo de Walter Brito será velado no Campo Santo Parque da Paz, no distrito industrial e o sepultamento ainda não tem o horário definido, visto que a família vai aguardar a chegada de uma filha que vem dos Estados Unidos.

Um desbravador

Walter Correia Brito era natural de Itabaiana, onde nasceu em primeiro de maio de 1930. Chegou em Campina com os pais – Arthur Correia de Brito e Maria Augusta de Lucena Brito – com apenas um ano de idade. Passou toda infância e adolescência em Campina Grande.

Logo cedo, com os irmãos, fundou a Empresa União, que fazia a linha Campina-João Pessoa com carro de passeio. Em 1946, venderam a frota e compraram a Severino Camelo a empresa Bonfim, que fazia o mesmo itinerário. A Empresa Real, que era dele e do irmão Vandi Brito, surgiria no inicio da década de 1960. Ele comprou a parte do irmão e empresa hoje é um caso de sucesso no gênero. 

Notícias relacionadas