Rodrigo Pessoa recebe medalha de ouro 'bastarda' - WSCOM

menu

Mais Esporte

29/08/2005


Rodrigo Pessoa recebe medalha de

Uma das poucas visitas anuais do cavaleiro Rodrigo Pessoa ao Brasil teve um motivo especial. No início da tarde desta segunda-feira, o ginete recebeu no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.

Reuters

Rodrigo Pessoa recebe o ouro olímpico das mãos do presidente do COI, Jacques RoggeEntretanto, o quinto ouro brasileiro nas últimas Olimpíadas tem pouca coisa de “produto nacional”. Rodrigo Pessoa nasceu em Paris, reside na Bélgica e passa o ano inteiro competindo na Europa. Quando muito, visita o Brasil duas ou três vezes por ano.

Já sua montaria – Baloubet Du Rouet – é francês e pertence ao empresário português Diogo Pereira Coutinho. Em seus agradecimentos, o pai de Rodrigo, Nelson Pessoa, fez questão de ressaltar a importância de Diogo “para que o Brasil conquistasse essa medalha de ouro”.

Em cerimônia cujo cenário de fundo foi o mar de Copacabana, o ginete brasileiro não conseguiu disfarçar o sotaque francês e esboçou breves movimentos labiais durante a execução do hino nacional.

A primeira medalha de ouro da história do hipismo nacional em Olimpíadas não significa que o esporte está em desenvolvimento no país. Muito pelo contrário.

“Espero que essa premiação incentive os jovens a começaram a montar. Mas precisamos de mais incentivos para ajudar a nova geração a conseguir cavalos de qualidade e competir na Europa. Só conseguiremos bons resultados se os cavaleiros estiverem competindo entre os melhores. E no hipismo, o melhor está lá”, disse Pessoa.

Pessoa foi beneficiado pela punição ao irlandês Cia O´Connor, vencedor da prova na Grécia. O cavalo do europeu, Waterford Cristal, competiu dopado e por isso a medalha foi repassada ao brasileiro exatamente um ano e um dia depois.

“As emoções são bem diferentes. Na Grécia, pude festejar a medalha de prata na hora, com toda a adrenalina. Agora, posso receber o prêmio na frente da minha família e dos meus amigos que não puderam estar presentes. Trata-se de uma grande honra”, disse o cavaleiro.

Notícias relacionadas