Risco Brasil cai para menor patamar em cinco meses - WSCOM

menu

Economia & Negócios

05/08/2005


Risco Brasil cai para menor

O imbróglio político no Brasil parece não estar afetando a percepção dos investidores estrangeiros em relação ao país.

O risco-país brasileiro –principal termômetro da confiança dos estrangeiros em relação ao Brasil– caía 1,81% no encerramento dos negócios em Nova York, para 379 pontos básicos, o menor patamar desde 7 de março de 2005 (374 pontos).

Na avaliação dos analistas, o importante para os investidores externos é o andamento da economia brasileira, que continua sólida.

No início desta semana, o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, John Snow, afirmou que o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, reflete o compromisso do país com boas políticas.

Snow elogiou os líderes comprometidos com o controle da inflação e com a política fiscal responsável, mesmo que elas sejam impopulares.

Segundo ele, o Brasil está conseguindo reduzir a relação dívida/PIB, conter a inflação e enfrentar as turbulências de forma cada vez mais controlada.

Notícias relacionadas