Ricardo anuncia obras em João Pessoa, revela apoio do Governo Federal e diz que - WSCOM

menu

Paraíba

05/06/2006


Ricardo anuncia obras em João

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho, durante a assinatura da ordem de serviço para a construção de uma alça de ligação entre a BR-230 e a Beira Rio anúncio também a construção de uma terceira via na Pedro II, no trecho que liga o CCHLA aos Bancários.

Durante o evento, Coutinho disse ainda que a Administração Municipal não esconde os seus parceiros e afirmou: “essa obra é um convênio do Governo Federal”, numa crítica velada ao governador Cássio Cunha Lima.

“A Prefeitura de João Pessoa vai criar um novo corredor de trânsito para João Pessoa”, informou. Agora os usuários terão uma outra opção para ir ao bairro de Mangabeira.

Se utilizando da Beira Rio, evitando a Pedro II, os usuários poderão, indo até o José Américo e saindo pela Hilton Solto Maior chegar a Mangabeira.

Além disso, os veículos vindos da BR-230 também passarão a ter uma outra opção de entrada em João Pessoa, além do trevo da UFPB e da entrada pelo Jardim Luna, com este acesso direto via Beira Rio.

A alça de ligação ficará na altura do viaduto da Beira Rio/Epitácio. A idéia da Prefeitura é utilizar melhor a Beira Rio e desafogar pontos críticos de congestionamento que hoje ainda existem na cidade.

Obras – O prefeito informou também que estará assinando nos próximos dias uma ordem de serviço para pavimentação e drenagem em várias ruas do Bessa.

“Estamos aguardando somente a colocação da tubulação do esgoto, porque isso ficou a cargo do Estado, nós só podemos fazer a drenagem, a pavimentação e o asfalto depois disso”, revela. Foi anunciado também, para os próximos dias, o recapeamento de várias ruas da capital.

Parcerias – Coutinho frisou repetidamente que esta obra é um convênio com o Governo Federal. Desta forma o prefeito reiterou – de forma velada – uma crítica corrente na oposição, segundo a qual Cássio não faz questão em fazer referência dos convênios firmados com Governo Federal nas inaugurações ou lançamentos de obras.

Sobre os convênios firmados entre Prefeitura e o Governo do Estado, Coutinho disse que existem e “foram tão divulgadas como se fossem as maiores coisas do mundo”, ironiza, completando: “parcerias são fundamentais. Deveria ser a coisa mais natural do mundo. Na prática não deveria ser uma grande notícia”, alfineta.

O prefeito só conseguiu lembrar de duas parcerias firmadas até o momento: “Nós fizemos aquela do Bessa e a do Cidade Verde, que precisa ser melhor articulada”, argumenta.