Réveillon de João Pessoa atrai multidão ao Busto de Tamandaré - WSCOM

menu

Entretenimento

01/01/2019


Réveillon de João Pessoa atrai multidão ao Busto de Tamandaré

A cidade de João Pessoa começou o ano de 2019 em total animação ao ritmo do axé. A baiana Margareth Menezes colocou para dançar todo o público que compareceu ao Busto de Tamandaré nesta segunda-feira (31) para saudar a chegada do ano novo. O show, que foi realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), foi transmitido ao vivo pelas redes sociais da PMJP.

O palco armado no Busto de Tamandaré, entre as praias de Tambaú e Cabo Branco, agradou a todos os gostos e público. “Cada ano, a festa cresce e se consolida graças ao crescimento exponencial do turismo na cidade. Cada dia, recebemos mais visitantes e buscamos proporcionar para todos um evento de qualidade. João Pessoa está avançando cada vez mais”, comemorou o diretor executivo da Funjope, Maurício Burity.

A programação começou às 20h, com a apresentação do DJ Eric Furni, que ficou até às 22h no palco, quando começou o show da cantora Renata Arruda, que animou o público com sua Roda de Samba. A paraibana disse que escolheu as melhores canções para envolver o público em uma autêntica roda de samba e começar o novo ano com bastante animação. Ela relatou que é sempre uma emoção se apresentar em João Pessoa, ainda mais em um evento tão importante. “É um prazer estar aqui na terra onde nasci, fiquei honrada com o convite e por isso trouxe um repertório bem animado para começar o ano com o pé direito”, declarou.

A atração principal da noite, a baiana Margareth Menezes entrou no palco na sequência para comandar a contagem regressiva e saudar 2019. Margareth retorna à João Pessoa após quatro anos de sua última apresentação e aproveitou a oportunidade para lançar a música que promete ser o hit do verão chamada ‘O Canto da Massa’, que colocou todo mundo para dançar. Para a cantora, é uma grande alegria poder festejar a passagem do ano em João Pessoa e por isso escolheu músicas vibrantes para colocar o público para dançar. “Trouxe coisas boas, músicas com mensagens de irmandade, paz, amor e saúde”, detalhou a cantora. Para o próximo ano, ela desejou que o povo nordestino se una e possa mostrar sua força e seus valores na luta por um Brasil mais justo.

Fechando a programação, o show de Mira Maya e o DJ Claudinho Santa Cruz, que subiram ao palco às 2h. A programação diversificada atraiu gente de todas as idades. A professora aposentada Carmém Lêda ia viajar para Maceió, mas quando soube quem seriam as atrações, resolveu ficar em João Pessoa. “É o terceiro ano que passo aqui. Eu gosto muito e os shows são sempre excelentes, a gente pode ficar bem à vontade e aproveitar bastante”, ressaltou.

Margareth Menezes – Nascida em Salvador, é cantora, compositora e atriz. Gravou o primeiro single, “Faraó (Divindade do Egito)”, em 1987, que foi lançado como LP, ao lado de Djalma de Oliveira, vendendo cem mil cópias. A partir daí, iniciou uma carreira de sucesso, sendo indicada ao Grammy Latino e Grammy Awards. Com mais de trinta anos de carreira, tem 14 discos gravados. A cantora lidera o movimento Afropop Brasileiro, que visa preservar e promover a cultura afro-brasileira.

Renata Arruda – Cantora, compositora e poetisa, Renata Arruda é uma das artistas mais conhecidas da Paraíba. Cantou com Ney Matogrosso, Alceu Valença, Elba Ramalho e outros nomes da MPB. Lançou oito CDs e acabou de gravar o álbum “Outra Pegada”, que será lançado no início de 2019. Publicou o livro de poesias “Nua” (2016), que inclui CD e DVD, com participação de vários artistas.

Mira Maya – Cantora e compositora, começou a carreira cantando no coral Gazzi de Sá (UFPB). Lançou os CDs “Na Mira”, com composições autorais, e o EP “Mira Maya”. Com desejo de inovar, ela mostra agora uma nova faceta, “Pulse Live”, projeto paralelo criado com o DJ Claudinho Santa Cruz, com set sofisticado e extremamente pulsante.

Eric Furni – Começou a carreira como DJ em 2004 e logo caiu no gosto do público. Com várias parcerias e projetos, é DJ residente na Balada Ever, destinada ao público sub-17 da Grande João Pessoa, e um dos mais requisitados da Paraíba. Atento às novidades, Eric estuda a cena musical do Brasil e de outros países e vem investindo em músicas autorais.

Estrutura – Este ano foi armado um palco com cerca de 400 metros quadrados, com painéis de LED nas laterais para transmissão simultânea dos shows, uma housemix – área exclusiva para as equipes técnicas das emissoras de TV –, além de uma área para posto médico e atendimentos diversos para o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Foram distribuídas também quatro torres de delay na área de show e um painel de LED por trás da housemix para que o público tenha uma melhor interação com os shows. A estrutura ainda contou com Tenda de Acessibilidade, ao lado do letreiro ‘Eu Amo Jampa’, onde contou com uma equipe da Funjope e da Guarda Civil Municipal.