Representatividade: Carlos Fábio apresenta propostas para apoiar e valorizar advogado sênior - WSCOM

menu

Paraíba

26/11/2018


Representatividade: Carlos Fábio apresenta propostas para apoiar e valorizar advogado sênior

Entre as propostas, escalonamento de pagamentos da anuidade e elaboração de cursos ministrados na ESA

© Raniery Soares

A Chapa 5 – Compromisso é a nossa força, encabeçada pelo advogado e candidato à Presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Paraíba (OAB-PB) Carlos Fábio, mostra o seu compromisso com toda a categoria. Uma série de propostas para apoiar e valorizar o trabalho de advogados seniores são apresentadas pelo coletivo. 
Entre as propostas, destacam-se o escalonamento de pagamentos da anuidade para advogados seniores, elaborar curso a ser ministrado na ESA para inclusão digital e capacitação do advogado sênior, oferecer descontos ao utilizar o clube do advogado, entre outras. 
Para a candidata ao Conselho Estadual pela Chapa 5, Angélica Brutus, é importante pensar em ações voltadas para o advogado sênior. “É primordial a valorização, impulsionado pelo nosso estatuto que neste ano comemorou seus 15 anos de existência. Temos que valorizar não apenas o jovem advogado, mas também os profissionais que há tanto contribuem para os quadros da Ordem, sobretudo com sua bagagem profissional”, declarou.
Angélica também destacou que a Chapa 5 pretende implantar um plano de ação para motivar este segmento da advocacia. “Trataremos não apenas do advogado com muitos anos na Ordem, mas também aqueles advogados seniores recém  inscritos nos quadros. Propomos o escalonamento da anuidade a partir dos 60 anos com o desconto de 10%, tendo o advogado sênior com 61 anos direito a desconto de 20%, e assim por diante”, disse.
O escalonamento proposto tem o objetivo de reduzir a inadimplência de advogados seniores para com a OAB-PB. “Hoje a nossa realidade são 30 anos de contribuição para a Ordem e 70 anos de idade pra ter isenção da anuidade, o que pretendemos modificar. Tal escalonamento visa não só reduzir a inadimplência que está 65% dentre o percentual de advogados seniores, mas também resgatar esses profissionais para o mercado de trabalho, dando-os motivação e inclusão social, trazendo ao mesmo valorização e bem-estar”, afirmou.
Ao dialogar com vários segmentos da advocacia, Carlos Fábio aglutinou propostas sugeridas por diversos grupos. O intuito é demonstrar que a Chapa 5 pretende restabelecer a credibilidade que a OAB-PB sempre teve com a sociedade, e que nesta atual gestão vem deixando a desejar. As ideias estão em consonância com o Plano Nacional de Valorização da Advocacia Idosa, aprovado pelo Comissão Especial do Idoso.
Principais propostas:
– Fazer uma campanha de conscientização ao Dia mundial de combate a violência contra a pessoa idosa, que foi instituído pela ONU, e dar mais publicidade na mídia digital;
– No Dia Do Idoso e 16 anos do estatuto do idoso, fazer campanhas e dar publicidade na mídia digital;
– Prestigiar o advogado sênior com medalha, para aqueles que trabalham e se empenham na OAB-PB por tantos anos. Verificar os homenageados conforme tempo de atuação junto à Ordem;
– Proposta de escalonamento de pagamentos da anuidade para advogados seniores; 
– Elaborar cursos a serem ministrados na ESA, para inclusão digital e capacitação do advogado sênior (oferecendo descontos – artigo 3º, VII do plano nacional);
– Dar apoio nas salas da OAB-PB pelo estagiário ou encarregado da sala para auxiliar o advogado sênior na utilização do sistema PJE;
– Também investir em saúde, visando o envelhecimento saudável, realizando jogos nacionais/regionais do advogado idoso, oferecendo serviços e práticas preventivas (artigo 3º, VIII do plano nacional);
– Oferecer descontos para pagamento quando for utilizar o clube do advogado em João Pessoa ou Bananeiras;
– Criação de subcomissões em defesa dos direitos da pessoa idosa nas cidades do interior de João Pessoa (trazer aproximação dos (as) advogados (as) e objetivar a unificação das ações de apoio, visibilidade, inserção e defesa dos direitos dos advogados e advogadas idosas – artigo 3º, II do plano nacional).


Por Redação com informações Assessoria Chapa 5
Portal WSCOM