Representante do Sebrae Paraíba vai aos EUA participar de Feira de TI - WSCOM

menu

Economia & Negócios

14/10/2005


Representante do Sebrae Paraíba vai

A Paraíba vai estar presente na principal feira de negócios da Tecnologia da Informação (TI) dos EUA. O Gartner Symposium Itxpo 2005, que vai acontecer na cidade de Orlando, terá a participação de aproximadamente 6 mil executivos de todo o mundo e durante seis dias, eles irão conhecer o que há de mais avançado no mercado mundial em inovações tecnológicas e programas de software. O Gartner Symposium termina no dia 21 de outubro.

A gerente da Unidade de TI do Sebrae Paraíba, Jailma Araújo, e os diretores das empresas paraibanas Light Infocom e Zion Tech farão parte da comitiva brasileira que estará presente na feira. Além da Paraíba farão parte da comitiva brasileira os estados de São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco e Ceará. Jailma Araújo informa que o Brasil terá um estande, mostrando aos executivos estrangeiros o que o país vem produzindo nesta área.

“Não é um evento para vender programas, mas sim de exposição dos nossos produtos. Durante os seis dias da feira, iremos fazer contatos e conversar com quem tem poder de decisão dentro das empresas”, explicou.

Paraíba participa pela segunda vez

A presença de empresas paraibanas na comitiva brasileira, segundo Jailma Araújo, comprova o reconhecimento que o estado tem junto ao mercado consumidor e órgãos governamentais encarregados de conduzir a política de TI no país. A empresa Light Infocom, de Campina Grande, já vem exportando softwares para vários países e faz parte do projeto Farol Digital coordenado pelo Sebrae Paraíba.

Jailma Araújo explica que está prevista a sua participação em palestras e seminários que ocorrerão durante o Gartner Symposium. “Ao participar dos eventos paralelos, ficaremos informados de como está a competitividade do mercado norte-americano e também poderemos trocar experiências. Eu estou de certa forma, representando todas as empresas paraibanas que compõem o projeto Farol Digital e o PBTech”, disse.