Raposa tenta dar o troco no Paysandu - WSCOM

menu

Mais Esporte

22/10/2005


Raposa tenta dar o troco

Menos de três dias depois de ser goleada em Belém pelo Paysandu, o Cruzeiro tem a chance de dar o troco neste sábado, a partir das 18h10, quando recebe o mesmo adversário, no Mineirão. O jogo é válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro e acontece pouco depois da disputa da partida anulada do turno como conseqüência do escândalo do apito.

O Cruzeiro volta a campo ainda atordoado pela goleada de 4 x 1 sofrida na quarta-feira e que o deixou com o prejuízo de cinco pontos perdidos pela remarcação de duas suas partidas contra Botafogo e Paysandu. O time da Toca da Raposa tem 45 pontos ganhos, e ocupa atualmente a nona colocação.

Já o Paysandu, que transformou em vitória a derrota sofrida há três meses, não poderia estar mais animado para o confronto deste sábado. O Papão da Curuzu venceu suas três últimas partidas no Brasileiro, todas de virada, e deixou a zona de rebaixamento. O representante da Região Norte na elite do futebol nacional tem 35 pontos e é o 18º colocado.

O Cruzeiro teve encerrada na quarta-feira uma série de sete partidas invicto, seis delas pelo Brasileiro. Em fase de recuperação, o time já falava novamente em brigar por uma vaga na Copa Libertadores, mas o sonho ficou mais distante. A dez rodadas do termino do Brasileiro, a Raposa está a nove pontos do Fluminense, que encerra a zona de classificação, com 54 pontos.

Caso não tivesse perdido cinco dos seis pontos ganhos diante de Botafogo e Paysandu, a Raposa seria hoje a sétima colocada, com 50 pontos. O clube ainda crê na possibilidade de reaver os pontos e admite esgotar todas as instâncias da Justiça esportiva no País e ir até à FIFA, em seguida.

Se já não chama mais a atenção de uma torcida descrente, o jogo mais uma vez despertará a atenção do maior rival do Cruzeiro. Em penúltimo lugar, com 32 pontos, o Atlético-MG é adversário do Paysandu na fuga do rebaixamento e conta com o auxílio do conterrâneo para se salvar do desastre.

Times desfalcados

Cruzeiro e Paysandu não terão força total neste sábado. A Raposa não contará com os meias Adriano e Kelly e o volante Marabá, todos suspensos. O Papão também perdeu três dos seus titulares. O volante Vânderson, o meia Luís Augusto e o atacante Róbson, artilheiro do Brasileiro com 21 gols, cumprem suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Para solucionar o problema do meio-campo, Paulo César Gusmão deverá lançar mão do meia Wagner, que vinha atuando na lateral esquerda, e escalar três volantes, uma vez que poderá contar com Maldonado e Fábio Santos, que se livrou de suspensão. Diogo completa o trio. Assim, o lateral-esquerdo Leandro seria promovido a titular. O zagueiro Marcelo Batatais retoma lugar na equipe, e Argel volta para o banco.

O técnico Carlos Alberto Torres, com 100% de aproveitamento no comando do Paysandu, ainda não sabe o que fazer para substituir Róbson, seu principal jogador. Rodrigo, Ceará e Balão são as opções, com vantagem para o último. Nos lugares de Vânderson e Luís Augusto, entram Alemão e Marabá.

CRUZEIRO X PAYSANDU

Data: 22/10/2005 – sábado

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Horário: 18h10

Árbitro: Wilson Luís Seneme (SP)

Transmissão: Sportv (apenas para Caxias do Sul e Belém) e pay-per-view

Ingressos: Os bilhetes podem ser trocados por uma lata de 400g do achocolatado Nescau nos seguintes supermercados: Carrefour Contagem, Carrefour BH Shopping, Carrefour Pampulha, Carrefour Shopping Del Rey, Champion Floresta, Epa Cidade Nova, Epa Venda Nova, Via Brasil Pampulha, Super Nosso Tirol, além da Loja Cruzeiro Mania. No sábado, haverá um posto de troca no Mineirão.

Cruzeiro

Fábio, Jonathan, Marcelo Batatais, Moisés e Leandro; Maldonado, Diogo, Fábio Santos e Wagner; Diego e Alecsandro

Técnico: Paulo César Gusmão

Paysandu

Alexandre Favaro, Luís Henrique, Váldson e Marquinhos; Marco Aurélio, Alemão, Marabá, Gian e Cléber; Balão (Ceará ou Rodrigo) e Rafael Moura

Técnico: Carlos Alberto Torres

Notícias relacionadas