Rafael Sóbis dá a vitória ao Inter sobre o Vasco - WSCOM

menu

Mais Esporte

16/10/2005


Rafael Sóbis dá a vitória

Fernandão nem precisou brilhar. Deixou o papel de estrela para Rafael Sóbis. E com a boa atuação do atacante, o Internacional venceu o Vasco por 3 a 1, no estádio Beira-Rio, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Internacional segue na briga pelo título. O time gaúcho pulou para 56 pontos em 31 jogos e está em terceiro lugar. No próximo sábado, o time enfrenta o Juventude, em Caxias do Sul. Já o Vasco perdeu uma posição e agora está em 20º, ainda com 33 pontos em 31 partidas. Na quarta-feira, o time carioca faz o clássico com o Botafogo, no jogo remarcado pelo STJD.

Vasco reclama da arbitragem

Logo no início do jogo, O Internacional teve duas boas chances com Renteria. Em ambas, a conclusão foi para fora. O Vasco só chegou pela primeira vez aos 14 minutos num chute sem direção de Róbson Luiz.

Mas o Inter seguia a pressão. Fernandão chutou e Roberto fez defesa difícil. Fernandão, de novo, bola no travessão. A resposta veio com Alex Dias. Chute rasteiro, no canto direito de Clemer, que acerta a trave.

Aos 28 minutos, saiu o gol do Internacional. Rafael Sóbis acertou um belo chute cruzado, no ângulo direito de Roberto. Alex Dias ainda teve a chance de empatar, após jogada de Róbson Luiz. Mas furou na hora de concluir. No fim, Jorge Wagner ainda chutou e acertou a trave.

No segundo tempo, o Vasco voltou mais ofensivo. Com o atacante William no lugar do volante Amaral. Mas foi o Internacional quem ampliou. Aos nove minutos, a defesa dormiu e deixou Rafael Sóbis receber livre e tocar na saída do goleiro Roberto para fazer o segundo gol.

O Vasco ainda diminuiu, com um gol de William de cabeça aos 15 minutos. E teve a chance de empatar com Alex Dias, aos 28. O atacante errou o chute à frente de Clemer. O castigo veio quando Fernandão marcou o terceiro gol. O lance gerou muita reclamação. Os jogadores do Vasco alegaram que a bola bateu na mão de Fernandão antes da conclusão. Para completar, Alex Dias fez o segundo… mas o árbitro Sérgio da Silva Carvalho marcou impedimento inexistente. O atacante estava na mesma linha do marcador.

Notícias relacionadas