Queda de avião na Itália mata 19 pessoas; 20 são resgatadas - WSCOM

menu

Internacional

06/08/2005


Queda de avião na Itália

Um avião ATR 72 da companhia aérea Tunis Air com 39 pessoas –34 passageiros e cinco tripulantes– caiu neste sábado no mar, próximo à costa de Palermo, na Sicília (Itália). De acordo com a Capitania dos Portos italiana, 19 pessoas morreram e 20 foram resgatadas.

O aparelho fazia o vôo 1153 –originário de Bari, e com destino a Djerba, na Tunísia. As causas do acidente ainda não são conhecidas, mas o “”Corriere della Sera” diz que o piloto tinha chegado a reportar problemas técnicos, e tentou fazer uma aterrissagem em um aeroporto de Palermo.

“O avião teve problemas no motor e estava tentando fazer um pouso de emergência no aeroporto de Falcone-Borsellino (Palermo), mas teve que aterrissar no mar”, afirmou Nicoletta Tommessile, porta-voz da agência italiana de segurança aérea.

Os aviões modelo ATR são feitos na França, e têm capacidade para carregar 50 passageiros.

Suspeita

Um porta-voz do aeroporto da capital tunisiana, Túnis, descartou que a queda do avião da Tunis Air na costa da Sicília tenha sido um atentado.

A tripulação do aparelho teria entrado em contato com o centro de controle de Roma meia hora antes do acidente para alertar sobre uma avaria no motor e solicitar a aterrissagem em Palermo.

Quinze minutos depois, o comandante do avião comunicou à torre de controle que seria obrigado a tentar fazer uma aterrissagem nas águas sicilianas.

A companhia à qual pertencia o aparelho foi inspecionada até sete vezes neste ano sem que se detectassem irregularidades, indicou o presidente da agência nacional de Aviação Civil da Itália, Vito Riggio.

Notícias relacionadas