Quadrilha rouba carga de dólares no Aeroporto de Viracopos - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

05/03/2018


Quadrilha rouba carga de dólares no Aeroporto de Viracopos

Funcionários da empresa aérea não informaram o destino da carga nem a quantia, mas policiais falaram em milhões de dólares

Foto: autor desconhecido.

Uma quadrilha armada com fuzis invadiu a pista de pouso do Aeroporto Internacional de Viracopos, rendeu funcionários e roubou um carregamento em cédulas de dólares que era desembarcado de um avião cargueiro da Lufhansa, na noite deste domingo, 4, em Campinas, interior de São Paulo.

Numa ação ousada, por volta de 21h40, os criminosos usaram um veículo de segurança falso para burlar a vigilância do terminal. A caminhonete Toyota Hillux dos bandidos estava caracterizada com as cores e logomarca da empresa que faz a segurança de pista do aeroporto.

O grupo, formado por ao menos cinco homens, entrou pelo portão lateral usado para o acesso de cargas expressas ao Terminal de Cargas e abordou os funcionários que transferiam o dinheiro do do avião para o carro-forte de uma empresa de transporte de valores.

Os operadores alemães e os seguranças da empresa de valores foram rendidos e colocados numa van. Após arrebatar a carga, os criminosos fugiram em direção à rodovia Santos Dumont (SP-79). O veículo usado pelos criminosos arrombou dois portões para sair do aeroporto.

A Polícia Federal foi acionada e mobilizou também a Polícia Militar na tentativa de cercar a quadrilha. Até a manhã desta segunda-feira, 5, ninguém tinha sido preso. A PF informou que o roubo está sendo investigado, mas não informou a quantidade de dólares levada pela quadrilha. Policiais falaram em milhões de dólares. Há suspeita de que houve vazamento de informação privilegiada sobre a chegada dos dólares.

Em nota, a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos S.A., administradora do aeroporto, confirmou o assalto e disse que ninguém ficou ferido.

“As investigações estão sob a responsabilidade da Polícia Federal, que instaurou inquérito para apurar o crime.  A Concessionária vai colaborar com as autoridades policiais para que o crime seja esclarecido”, informou.