Quadrilha que atuava em Vale do Piancó é presa - WSCOM

menu

Policial

19/03/2006


Quadrilha que atuava em Vale

Uma operação conjunta de policiais civis, comandados pelos delegado Francisco Basílio, e militares, comandados pelo capitão João Henrique Plutarco, realizada no final de semana por todo o Vale do Piancó, Alto Sertão paraibano, culminou na madrugada deste domingo (19) com o desbaratamento de uma quadrilha de assaltantes integrada por 8 pessoas.

A quadrilha vinha atuando naquela Região e nas rodovias estaduais e federais, assaltando ônibus de sacoleiros e de linha normal. Segundo o delegado Ivaldo Pedro de Araújo Dias, superintendente da 6ª Região de Polícia Civil, esta quadrilha poderá ter sido a mesma que na semana passada na BR-230, na Serra de Santa Luzia, assaltou o prefeito Nabor Wanderley, de Patos e dois ônibus de sacoleiros.

Os policias prenderam Francisco Gomes da Silva, o “Chico Buchudo”, Manoel Luiz de Souza, o “Messias”, José Neto Soares, o “Zé de Chichiu”, Adriano Bento Alves, o “Anjinho”, o ex-PM Francisco Gerson de Lacerda, o ex-PM e agente penitenciário José Elias de Lacerda, que trabalha no Presidio de Patos, Francisco Martins, o “Manú” e Marcos Antônio Nunes Soares, o “Marcos Piedade.

De acordo com o delegado Dias, sete dos acusados foram presos na cidade de Aguiar, e José Elias, na cidade de Patos.

Segundo o capitão Plutarco, comandante da 2ª Companhia, do 3º Batalhão, sediado na cidade de Itaporanga, há vários dias policiais militares da 2ª Seção, juntamente com agentes de investigações do serviço reservada da 6ª SRPC, vinham trabalhando em conjunto investigando os assaltos ocorridos no Vale do Piancó, principalmente o que teve como vítima o comerciante Francivaldo de Caldas Cassimiro.

Francivaldo era residente na cidade de Aguiar e mesmo sem ter reagido ao assalto, acabou sendo assassinado a tiros. Os assaltantes lhe roubaram a importância R$ 8 mil. O crime aconteceu na semana passada quando a vítima se dirigia para a sítio Tigre.

Quando da prisão de “Chico Buchudo”, em seu poder os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12 e um revólver Taurus, calibre 38, que foram utilizados nos assaltos.

Por medida de segurança, na manhã deste domingo (19), os sete acusados foram transferidos da Delegacia de Polícia de Aguiar, para a 6ª Superintendente Regional da Polícia Civil, de Itaporanga, onde foram autuados em flagrante delito, acusados de assaltos, porte ilegal de arma e formação de quadrilha, em seguida recolhidos ao Presídio Regional daquela cidade do Vale do Piancó.

Notícias relacionadas