PT nunca pagou parlamentares ou comprou votos, reafirma Delúbio - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

18/08/2005


PT nunca pagou parlamentares ou

Na abertura da sessão da CPI do Mensalão, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares reafirmou nesta quinta-feira que o PT “nunca pagou parlamentares ou comprou votos”.

Delúbio reafirmou ainda que no esquema de caixa dois para o financiamento de campanha não há dinheiro público. Ele avaliou que as investigações no Congresso estão apontado para isso.

O ex-tesoureiro do PT já havia declarado que todas as campanhas de 2002 –exceto a do presidente Luiz Inácio Lula da Silva– foram feitas com dinheiro irregular.

Ainda durante a abertura da sessão da CPI, Delúbio disse estar muito cansado após ter prestado depoimento nesta semana ao Conselho de Ética do PT e à Polícia Federal.

O petista foi citado pelo deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) como um dos “cabeças” do suposto esquema de pagamento de mesada a deputados da base aliada –o “mensalão”. Após a denúncia, Delúbio começou a ser pressionado para se afastar da direção da sigla. Em 5 de julho, ele pediu afastamento do cargo.

Durante o depoimento, os parlamentares deverão questionar Delúbio sobre os empréstimos tomados em nome das empresas do publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza e repassados ao PT.

Notícias relacionadas