PT anuncia instalação de Comissão de ética na 2a feira para analisar denúncias n - WSCOM

menu

Política

04/03/2006


PT anuncia instalação de Comissão

Uma comissão de ética para analisar as denúncias feitas ano passado sobre a acusação de desvio de dinheiro durante a gestão da ex-prefeita Cozete Barbosa na Prefeitura de Campina Grande será instaurada nesta segunda (6), segundo informações do secretário geral do PT estadual, Josenildo Feitosa.

Os membros do diretório se reúnem a partir das 17h30, com a coordenação do Frei Anastácio, para elegerem o presidente da comissão e distribuírem o relatório divulgado ano passado sobre comportamento dos acusados na denúncia.

“O relatório não tem poder de punição se não passar por uma comissão de ética, por essa razão ela será instaurada”, afirmou Feitosa.

O secretário relatou ainda que o relatório será transformado em peça jurídica de acordo com o estatuto do partido.

“Anísio Maia tentou montar a comissão, mas aconteceram impasses. Adalberto Fulgêncio anteriormente impossibilitou isso ao querer defender Socorro Ramalho (ex-chefe de gabinete de Cozete que estaria envolvida nas denúncias). Em dezembro do ano passado houve impasse para a instauração. Em janeiro deste ano aconteceu o recesso parlamentar. Houve um segundo impasse mês passado para finalmente ser instaurada agora”, disse.

O presidente do PT de João Pessoa, Hildevânio Macedo, relatou que dois membros da comissão são filiados ao PT da capital e aparecem no relatório da Comissão de Sindicância. “Esperamos ter acesso às discussões do assunto já que envolve o nome do partido”, argumentou.

Cozete Barbosa estaria sendo acusada de desvio de verba durante sua gestão à frente da Prefeitura de Campina Grande. Os desvios poderiam chegar até R$ 4 milhões.

Notícias relacionadas