Psicóloga é achada morta com saco na cabeça em apartamento - WSCOM

menu

Policial

14/09/2017


Psicóloga e achada morta em apartamento

SACO NA CABEÇA

Foto: autor desconhecido.

Uma idosa foi encontrada morta dentro de seu apartamento no 3º andar de um prédio na Rua Barão da Torre, em Ipanema, na Zona Sul do Rio, na manhã desta quarta-feira. A vítima foi identificada como a psicóloga Maria Lúcia Magalhães, de 72 anos. Seu corpo foi achado com um saco plástico na cabeça, segundo vizinhos.

De acordo com a Polícia Civil, a Delegacia de Homicídios (DH) realizou uma perícia no local. O corpo de Maria Lúcia foi encontrado por volta das 6h30 desta quarta, quando a empregada doméstica chegou para trabalhar no apartamento. Segundo a funcionária, que pediu para não ter o nome divulgado, ela usou sua chave para entrar no imóvel e encontrou a casa toda revirada.

A doméstica, que trabalha há cinco anos no imóvel, contou ainda que percebeu a porta do quarto de Maria Lúcia entreaberta e que, com medo, desceu e chamou um dos porteiros. Foi o funcionário do condomínio que encontrou o corpo da psicóloga. Ambos prestaram depoimento na Delegacia de Homicídios, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Segundo empregados do prédio, Maria Lúcia foi vista pela última vez na tarde do último domingo, quando chegou em casa com sacolas de supermercado. Ela não era casada e nem tinha filhos. Familiares estiveram no condomínio, mas não quiseram falar com a imprensa.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 13h30 para fazer a remoção do corpo, que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal, no Centro do Rio. Segundo a polícia, a equipe da DH recolheu imagens de câmeras de segurança do prédio para análise.

Notícias relacionadas