PSDB, PMDB e PFL completam chapas para sucessão estadual em São Paulo - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

29/06/2006


PSDB, PMDB e PFL completam

Os principais partidos na disputa pelo governo de São Paulo devem anunciar hoje o restante de suas chapas para a sucessão estadual. O PSDB e PFL e PMDB vão indicar oficialmente os nomes para as vagas de candidato a vice-governador e senador por São Paulo.

O PSDB já escolheu o deputado federal Alberto Goldman (PSDB), enquanto o PFL deve comunicar oficialmente ao ex-prefeito José Serra, candidato tucano ao governo paulista, que indicou o empresário Guilherme Afif Domingos para disputar uma vaga no Senado Federal por São Paulo.

Ainda hoje, a Executiva do PMDB define os nomes para vice-governador e senador na chapa com o ex-governador Orestes Quércia. O PMDB negocia com o PP preencher uma das vagas na chapa majoritária.

O PT completou na segunda-feira sua chapa nas eleições estaduais, com a indicação de Nádia Campeão (PC do B) para vice do candidato ao governo paulista, o senador Aloizio Mercadante. O candidato ao Senado pelo PT é o senador Eduardo Suplicy.

Além de Serra, Quércia e Mercadante, o eleitorado de São Paulo também terá os candidatos Carlos Apolinário (PDT) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) na urna eletrônica nessas eleições. O PSB deve homologar a candidatura do jurista Sérgio Sérvulo ao governo do Estado na sexta-feira.

A última pesquisa eleitoral sobre o cenário paulista aponta para a liderança do ex-prefeito José Serra, com 48% de intenção de voto. Mercadante tem 14% e Quércia, 10%. Para o Senado, Suplicy tem 45% das intenções de voto, seguido por Quércia, com 21% e Afif, com 3%. A pesquisa foi feita antes da oficialização de Quércia como candidato ao governo paulista.