Provas zootécnicas avaliarão potencial genético de caprinos e ovinos - WSCOM

menu

Economia & Negócios

29/07/2007


Provas zootécnicas avaliarão potencial g

EMEPA (Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária do Estado da Paraíba) em parceria com o BNB (Banco do Nordeste do Brasil) promoverão de 30 de julho a 10 de novembro a primeira etapa das Provas Zootécnicas em Caprinos da Raça Boer e ovinos Santa Inês.

Estas provas têm o objetivo de avaliar o potencial genético dos rebanhos ovinos e caprinos. “Elas irão oferecer garantias de que os investimentos financeiros que estão sendo realizados no manejo nutricional, sanitário e reprodutivo estarão sendo realmente utilizados por animais que têm o potencial necessário para atender essas expectativas, e assim, dar o retorno econômico esperado”, disse o presidente da EMEPA, Miguel Barreiro.

As provas, além de identificar diferenças genéticas entre animais candidatos a reprodutor, irão melhorar as taxas de ganho de peso; diminuir o intervalo de gerações; antecipar a utilização de reprodutores testados e conscientizar os produtores da importância de um programa de avaliação de desempenho em confinamento.

Os estudos, que envolvem cerca de 80 animais, serão realizados na Estação Experimental Benjamin Maranhão, em Tacima – PB. Terão duração de 84 dias, durante os quais os animais serão avaliados com base em cinco características: peso, carcaça, parâmetros de reprodução e características raciais.

“Os resultados dessas provas são importantes, pois nós poderemos trazer ao mercado, animais avaliados de forma científica, promovendo o desenvolvimento da caprinovinocultura através da melhoria genética”, disse o presidente da APACCO, Aralto Bomfim.

“Um diferencial desta prova será o leilão que iremos realizar nos dias 10 e 11 de novembro como os animais avaliados. Será o primeiro leilão com animais avaliados geneticamente”, disse o coordenador da pesquisa, Wandrick Hauss.

Notícias relacionadas