Projeto realizado no Jardim Botânico da Capital garante geração de emprego e ren - WSCOM

menu

Paraíba

24/10/2005


Projeto realizado no Jardim Botânico

O Projeto Arte no Jardim, vinculado à Superintendência do Meio Ambiente (Sudema), tem buscado garantir a geração de emprego e renda e a inclusão social através da criação de papel reciclado. O projeto está vinculado à Coordenação de Educação Ambiental da Sudema em João Pessoa, e tem o apoio do Jardim Botânico.

O Projeto ocupa as dependências de uma pequena casa encravada na Mata do Buraquinho, instalações cedidas pelo Jardim Botânico e já funciona há um ano e três meses. Lá trabalham, de segunda a sexta-feira, no período das 8h às 12h, 25 jovens residentes nas comunidades localizadas na área de entorno, como São Rafael, Paulo Afonso e São Geraldo.

A produção média diária de papel reciclado é de 200 folhas. Com essa matéria-prima os jovens produzem vários artigos. A unidade do papel branco, tamanho A4, custa R$ 0,30, enquanto a colorida, o tingimento é feito no próprio local, R$ 0,40. Já o pacote, com 10 unidades de folhas prensadas e refiladas custa R$ 4,00. Um marca página pode ser adquirido por R$ 1,50. O cartão temático por R$ 3,00. Os preços dos blocos variam pelo tamanho: o A6 custa R$ 5,00, o A7 vale R$ 3,00, enquanto o A5 R$ 7,50 e o A8, o mais novo modelo custa R$ 2,00.

A coordenadora de Educação Ambiental da Sudema e, também, do Arte no Jardim, Fátima Carneiro Souto, informou que o projeto, antes de ser o que é, começou pelo trabalho de coleta seletiva. Mas, com o intuito de promover a geração de emprego e renda e a inclusão social, passou-se a produzir papel reciclado para confeccionar vários artigos.

Notícias relacionadas