Projeto da Funjope traz a João Pessoa principais grupos teatrais do país - WSCOM

menu

Entretenimento

10/08/2005


Projeto da Funjope traz a

Um projeto desenvolvido pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), “O Teatro Brasileiro Visita João Pessoa”, estará trazendo a capital uma vez por mês, durante um ano, os principais grupos teatrais com trabalho voltado para a pesquisa e que venham contribuindo com a difusão das artes cênicas no País, dando impulso ao teatro contemporâneo.

O primeiro grupo teatral convidado é o Armazém Companhia de Teatro, considerado um dos mais importantes do Brasil em atividade. A companhia está fazendo sua primeira turnê pelo Nordeste e vai estar em João Pessoa com o espetáculo “A Caminho de Casa”, entre os próximos dias 19 e 21.

Em sua passagem por João Pessoa, os atores do Armazém Companhia de Teatro – Patrícia Selonk, Simone Mazzer e Sérgio Medeiros – estarão ministrando a oficina “Respir-Ações”. Já o diretor da companhia, Paulo de Moraes, dará palestra enfocando o teatro brasileiro. O acesso à oficina e à palestra será totalmente gratuito, mas é preciso que os interessados garantam suas vagas através de inscrições na sede da Funjope, na praça Antenor Navarro, no Centro Histórico.

“O teatro profissional na nossa cidade vem se desenvolvendo e nesse sentido é importante a presença de grupos e encenadores de outros centros, com experiência na formação e manutenção do trabalho em teatro como uma ciência, um universo de estudo a ser aplicado na criação dessa nova cena teatral”, argumenta Nanego Lira, coordenador de Teatro da Funjope.

Para o presidente da Funjope, Luiz Carlos Vasconcelos, o projeto vai difundir novas técnicas e tendências da cena contemporânea brasileira em João Pessoa, proporcionando o diálogo com atores, encenadores, estudantes, professores e platéia. O objetivo é formar um novo conceito estético teatral na cidade a partir do intercâmbio entre as diversas linguagens e práticas dos grupos e atores locais e convidados.

“Através de espetáculos, oficinas e palestras com os mais expressivos grupos de teatro do País, estaremos contribuindo para a formação de novas platéias e investindo na qualificação dos atores e encenadores paraibanos”, concluiu Vasconcelos.

Notícias relacionadas