Programa ‘Ruartes’ pretende combater trabalho infantil nas ruas da Capital - WSCOM

menu

Paraíba

21/06/2006


Programa ‘Ruartes’ pretende combater tra

O Programa ‘Ruartes’, da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) pretende tirar os meninos e meninas de que ficam nas ruas da Capital e acabam sofrendo exploração no trabalho infantil. A iniciativa conta com a participação de 16 arte-educadores, que levam através do teatro, da música e da dança uma mensagem de inclusão social para os jovens.

O ‘Ruartes’ foi lançado oficialmente ontem, terça, 20, mas já está trabalhando desde a segunda, 19 em oito pontos específicos de João Pessoa, onde há concentração de crianças e adolescentes que vivem em risco de rua.

No lançamento oficial, na Praça Pedro Américo, um grupo de arte-educadores chamou a atenção tanto das crianças que fazem malabares no semáforo próximo, quanto das pessoas que transitavam pelo lugar. O programa está sendo desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

A alegria do grupo entusiasmou os meninos, que logo passaram a interagir com os educadores durante as apresentações. Enquanto uns foram convidados a jogar capoeira, outros trataram de se inserirem na encenação – que simulava a gravação de um filme – fazendo o papel de videocinegrafistas.

De acordo com a secretária do Desenvolvimento Social, Douraci Vieira, é através da arte que os jovens estão sendo convidados a participar das oficinas que serão desenvolvidas pela Prefeitura, a partir da próxima segunda-feira.

“Nós estamos aproveitando as atividades artísticas e convidando as crianças e os adolescentes a participarem das oficinas que serão ministradas por esses educadores em oito pontos da cidade identificados por concentrarem uma maior quantidade de crianças e adolescentes em situação de rua. Nosso papel é educativo, não punitivo. A partir dessas ações, faremos intervenções para que elas sejam afastadas do trabalho infantil”, afirmou a secretária.

Censo – Douraci Vieira disse, ainda, que em agosto do ano passado uma equipe do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) realizou um censo para identificar o perfil das crianças e dos adolescentes que moram ou que são exploradas nas ruas da Capital. Nesse estudo, 80 meninos foram encontrados nas ruas da Capital, só que apenas 20% desses eram naturais de João Pessoa e só metade residia no município, mas permaneciam nas ruas durante o dia, retornando para suas casas no período noturno.

O levantamento constatou, ainda, que oito locais da cidade se destacavam por apresentar uma maior concentração de jovens nessa situação. Segundo a secretária, os locais são: Praça Pedro Américo, Rodoviária, Cassino da Lagoa, Parque Solon de Lecena, Avenida Rui Carneiro, Mercado de Jaguaribe, Busto de Tamandaré e Feirinha de Tambaú. São nesses locais que as intervenções estão acontecendo. A partir da próxima segunda-feira (26), o Ruartes dará início à sua segunda etapa, quando serão ministradas oficinas de dança, capoeira, música e teatro para os meninos que atuam nesses espaços.

Programação – As atividades do projeto começaram na última segunda-feira (19) em três pontos da cidade: Cassino da Lagoa, Parque Solon de Lucena e Tambaú. Na terça-feira, os educadores estiveram na Praça Pedro Américo, Ponto de Cem Réis e na Avenida Rui Carneiro. No dia 21, quarta-feira, será a vez do grupo ir ao Mercado Público de Jaguaribe, Rodoviária e ao Terminal de Integração.

Notícias relacionadas