Profissionais do Samu relatam que estão sem receber seus salários, em Campina Grande; categoria emite nota contra a Prefeitura - WSCOM

menu

Paraíba

28/02/2019


Profissionais do Samu relatam que estão sem receber seus salários, em Campina Grande; categoria emite nota contra a Prefeitura

Profissionais do Samu estão sem receber seus salários em CG; categoria emite nota contra a Prefeitura

Imagem meramente ilustrativa

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), em Campina Grande, emitiu nota de repúdio contra a Prefeitura Municipal, na manhã desta quinta-feira (28), alegando atraso no recebimento dos seus salários.

Na nota, os profissionais relatam que o atraso fere diretamente a categoria, “deixando famílias desamparadas” com a atitude.  Ainda de acordo com a nota, “o que mais chama a atenção neste início de ano é a brusca redução de salário dos contratados do município que já tiveram os proventos recebidos, cerca de 30 % da remuneração bruta foi cortada em folha sem prévio aviso”.

Confira a nota na íntegra:

 

NOTA DE REPÚDIO À SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAMPINA GRANDE

 

Os prestadores de serviço do Município de Campina Grande vem a público repudiar a atitude da secretária municipal de saúde de Campina Grande, Luzia Marinho Pinto *, que após denúncias de *atrasos e redução de salários dos servidores contratados negou o fato.

 

Acontece que os salários referentes ao mês de janeiro dos prestadores de serviços que recebem acima de  R$ 1.200, ainda não foram pagos, deixando famílias desamparadas neste início de ano, vale salientar que os contratados não recebem nenhum benefícios previstos na legislação brasileira, tais como: décimo terceiro, férias, vale transporte e vale alimentação. Com o atraso salarial os prestadores de serviço estão praticamente pagando e criando dívidas para trabalhar.

 

 

Mas o que mais chama a atenção neste início de ano é a brusca redução de salário dos contratados do município que já tiveram os proventos recebidos, cerca de 30 % da remuneração bruta foi cortada em folha sem prévio aviso, tendo que os mesmos enfrentarem problemas financeiros e conviverem com a desvalorização do profissional que luta diariamente por um SUS  de qualidade, problemas psicológicos e insatisfação tomou conta de grande parte dos prestadores, que estão de mãos atadas sem respostas concretas, já que a secretária não se pronuncia a respeito.

 

Pedimos encarecidamente a população de Campina Grande que nos ajude compartilhando esta nota, para que ela chegue ao conhecimento do gestor municipal Romero Rodrigues que sempre foi atencioso e efetivo com os problemas de saúde do município.

 

Senhor Prefeito, nos ajude, precisamos ser valorizados para dar o melhor para os usuários da saúde campinense pois temos famílias, precisamos de uma posição de vossa excelência, já que a senhora Luzia Marinho se recusa a nos prestar esclarecimentos e tem forte tendência em desvalorizar o profissional que para produzir mais precisa ser reconhecido. ROMERO RODRIGUES contamos com sua intervenção junto à secretaria de saúde de Campina Grande.