Professores da UEPB protestam contra a Reforma da Previdência - WSCOM

menu

Paraíba

18/02/2018


Professores da UEPB protestam contra a Reforma da Previdência

A convocação do Dia Nacional de Greves, Paralisações e Mobilizações é uma iniciativa das maiores centrais sindicais do país

Foto: autor desconhecido.

Os professores da Universidade Estadual da Paraíba estão sendo convocados pela Associação dos Docentes da UEPB-ADUEPB a participarem do Dia Nacional de Greves, Paralisações e Mobilizações, na próxima segunda-feira (19/02), mesmo que a categoria não tenha decidido pela suspensão das atividades.  A programação do dia prevê um grande ato público no Centro de Campina Grande, articulado por movimentos sociais e entidades sindicais.

A decisão de convocar os professores a participarem das atividades do Dia Nacional de Greves, Paralisações e Mobilizações é explicada pelo presidente da ADUEPB, Nelson Júnior, como uma sequência natural da participação do sindicato no Comitê Municipal Contra a Reforma da Previdência, que há mais de dois anos luta contra a proposta do Governo Temer para retirada deste direito da população.

A convocação do Dia Nacional de Greves, Paralisações e Mobilizações é uma iniciativa das maiores centrais sindicais do país, do Fórum das Entidades Nacionais de Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) e de inúmeros movimentos sociais.

Nelson Júnior justificou que devido a retomada das aulas da UEPB está agendada para ocorrer no dia 19/02, a ADUEPB não teve condições de convocar uma assembleia para discutir com os professores a proposta de paralisação para protestar contra a reforma da previdência.

Na segunda-feira, a diretoria realizará uma panfletagem no Campus da UEPB, no início da manhã, convocando a comunidade a participar do ato público no Calçadão da Cardoso Vieira, a partir das 9h.