Produção de aço bruto registra queda no primeiro bimestre, diz Instituto Brasile - WSCOM

menu

Economia & Negócios

17/03/2006


Produção de aço bruto registra

A produção brasileira de aço bruto atingiu 4,707 milhões de toneladas no primeiro bimestre do ano, caindo 9,1% em relação ao mesmo período de 2005. De acordo com dados divulgados hoje (16) pelo Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS), a produção de laminados também teve queda de 2,4% no bimestre na comparação com 2005.

Segundo o IBS, o país produziu 3,577 milhões de toneladas do produto nos meses de janeiro e fevereiro de 2006, contra 3,664 milhões de toneladas em igual período do ano passado.

Na avaliação de técnicos do IBS, os resultados refletem, em grande parte, as quedas registradas na produção em fevereiro, devido ao menor número de dias úteis no mês, “além de paralisações temporárias de equipamentos de algumas usinas por motivo de acidentes ou manutenção programada”. Quanto às exportações, as usinas apresentaram incremento de 38,7%, explicado pelas condições favoráveis do mercado internacional.

Os dados referentes à distribuição regional mostram que Minas Gerais liderou o ranking de estados produtores no período pesquisado, com 1,892 milhão de toneladas de aço bruto e 1,652 milhão de toneladas de laminados e semi-acabados para venda produzidos.

Já o rankingde produção mundial de aço bruto continua sendo liderado pela China que, em janeiro, produziu 30,280 milhões de toneladas. O aumento em relação a janeiro de 2005 foi de 20,7%. A União Européia ocupa a segunda posição no ranking, com 15,577 milhões de toneladas, revelando retração de 5,8% sobre janeiro do ano passado.

Notícias relacionadas