Procon registra variação de até 250% no preço do pescado em João Pessoa - WSCOM

menu

Economia & Negócios

14/03/2006


Procon registra variação de até

Em pesquisa realizada ontem nas peixarias da Capital, o Procon de João Pessoa registrou uma variação de até 250% no preço do pescado. A maior variação foi detectada no quilo do peixe Agulha (com cabeça), encontrado por valores entre R$ 4 e R$ 14.

Na última pesquisa realizada pelo órgão, no dia 15 de fevereiro, a Agulha estava custando entre R$ 7 e R$ 18, uma variação na casa de 150%. Outro pescado que teve seu preço oscilando bastante foi o Camarão com cabeça. O produto está sendo comercializado com valores entre R$ 30 e R$ 12, uma diferença de R$ 18, o que representa uma variação de 150%.

Já o Xaréu, que aparecia na última pesquisa com menor preço de R$ 5,50, aumentou de valor. Ele pode ser adquirido agora com o quilo variando entre R$ 7,50 e R$ 12.

Ao comprar peixe não congelado, o Procon recomenda para que o consumidor verifique se o produto tem carne firme, olhos salientes e brilhantes, guelras avermelhadas e escamas que não se soltem facilmente.

E a dica para economizar é de que procure sempre pesquisar antes de comprar. Segundo o Coordenador de Pesquisas, Helton Renê, “é normal acontecer uma variação significativa dos preços, até porque a proximidade da semana santa induz a uma expeculação do mercado, no entanto o consumidor mais atento com certeza fará uma semana santa mais barata. Iremos monitorar os preços até o último momento a fim de nortear o consumidor nos preços”.

O levantamento de preços realizado pelo Procon-JP está a disposição dos consumidores no site da Prefeitura (www.joaopessoa.pb.gov.br), link do Procon-JP.

Notícias relacionadas