Procon decide hoje sobre boicote contra distribuidoras e postos; ação pode começ - WSCOM

menu

Paraíba

09/03/2006


Procon decide hoje sobre boicote

O coordenador executivo do Procon Estadual, Odon Bezerra, disse que decide hoje se vai mesmo deflagrar boicote contra distribuidoras e postos que extrapolaram no reajuste do álcool e gasolina. A decisão sai depois de reunião marcada para esta tarde, às 14h30, na Curadoria do Consumidor, com duas distribuidoras que atuam na Grande João Pessoa.

O Procon quer explicações sobre a prática de preços diferenciados para Capital e interior do Estado. Ele revelou ao WSCOM Online que depende dessa argumentação para deflagrar ou não ações para promover o boicote, a partir de amanhã, sexta-feira, 10.

“Algumas distribuidoras vêm comercializando o litro da gasolina a um custo mais baixo no interior, o que estaria, em princípio, encarecendo o litro na Capital”, enfatiza.

Odon ressaltou que caso as explicações das distribuidoras não sejam satisfatórias serão inciadas a impressão de panfletos e suscitada uma grande campanha, patrocinada, segundo ele, não pelo Procon, mas pela sociedade civil, boicotando uma ou duas bandeiras – não decidido – por mês.

Na Capital existem, atualmente, 118 postos de combustíveis que vendem em torno de 80 a 100 mil litros de gasolina por mês.

Notícias relacionadas