Príncipe Louis, terceiro filho de William e Kate, será batizado na segunda-feira - WSCOM

menu

Entretenimento

08/07/2018


Príncipe Louis, terceiro filho de William e Kate, será batizado na segunda-feira

Sexto bisneto da rainha Elizabeth II é o quinto na linha de sucessão ao trono. Cerimônia será reservada, seguirá diversas tradições e deve ter poucos convidados e muitos padrinhos

Foto: autor desconhecido.

Quinto na linha de sucessão ao trono britânico, o príncipe Louis Arthur Charles será batizado na manhã desta segunda-feira (9) na capela real do Palácio Saint James, em Londres.

O bebê, sexto dos sete bisnetos da rainha Elizabeth II, nasceu em 23 de abril e terá 11 semanas no dia da cerimônia, que deverá ser discreta e reunir cerca de 30 convidados, quase todos familiares.

O batizado é aguardado com ansiedade pelos fãs da realeza porque pela primeira vez William e Kate irão posar para fotos oficiais com os três filhos juntos. Antes, o rostinho de Louis só foi visto quando ele saiu do hospital com os pais e no dia 2 de maio, quando o Palácio de Kensington divulgou duas fotos dele no dia do aniversário de três anos sua irmã, Charlotte.

Ainda não se sabe quem serão seus padrinhos, mas seguindo o exemplo de seus irmãos, Louis deverá ter vários: George tem sete padrinhos e Charlotte tem cinco. Quase nenhum deles faz parte da família real, sendo a maioria amigos próximos dos pais das crianças.

A imprensa – e as tradicionais casas de aposta britânicas – porém, apontam que Eugene e Beatrice, filhas do príncipe Andrew e primas de William, ou Meghan Markle, tia do bebê, podem fazer parte da lista desta vez.

Além de repetir o lugar onde George foi batizado, a cerimônia de Louis terá muito em comum com várias outras de sua família. O segundo mais jovem membro da realeza – sua prima Lena nasceu em 18 de junho – irá usar a mesma roupa e até a água terá a mesma origem e ficará na mesma fonte.

Ele também será abençoado pelo arcebispo Justin Welby, chefe espiritual da Igreja Anglicana, o mesmo que batizou seus dois irmãos e casou seu tio, o príncipe Harry.

Tradições

O vestido de rendas e cetim criado para o batizado da então princesa Victoria, em 1841, foi usado por mais de 60 bebês da família real até 2004, no batizado de Louise Windsor, filha do príncipe Edward (filho mais novo da rainha Elizabeth II).

Como o tecido já estava muito frágil, em 2008 foi criada uma réplica, usada naquele ano para o batismo do irmão de Louise, James, e para Savannah e Isla, as primeiras bisnetas da rainha. Esse mesmo vestido foi depois usado por George em 2013Charlotte em 2015 e será agora usado por Louis.

Também de 1841, do batizado de Victoria, é a fonte batismal dourada com lírios e querubins, uma das joias da coroa mantidas na Torre de Londres. Dali ela sai toda vez que um bebê real é batizado, e isso acontecerá mais uma vez nesta segunda-feira.

Dentro dela, novamente, estará uma porção de água do rio Jordão, aquele onde acredita-se que foi batizado Jesus Cristo. Quando foi realizado o batizado de Charlotte, foi necessário trazer água de avião especialmente para a ocasião, mas agora é possível que ainda haja um pouco em estoque, já que há apenas alguns meses, em março, a então noiva do príncipe Harry, Meghan, foi batizada na Igreja Anglicana também com água do rio Jordão.
G1

Notícias relacionadas